...

"Ensinar as pessoas significa lubrificar as rodas para que as mesmas possam girar;

ou fazer flutuar um navio para que o mesmo possa ser movimentado facilmente. " (Nichiren Daishonin)


quarta-feira, 18 de junho de 2008

Como se pratica o Budismo de Nichiren Daishonin?

A resposta é: recitando o Nam-myoho-rengue-kyo
A prática dos ensinos do Budismo de Nichiren Daishonin é a recitação do Gongyo e do Daimoku. Gongyo é a recitação de partes do 2º e do 16º capítulos do Sutra de Lótus; e Daimoku é a recitação de Nam-myoho-rengue-kyo. Tudo se resume unicamente na fé. Ela contém a verdade, a coragem, a sabedoria e a boa sorte. Inclui também a benevolência e a humanidade, bem como a paz, a cultura e a felicidade. Fé significa eterna esperança; é o segredo para um ilimitado auto desenvolvimento. A fé é o princípio fundamental para o crescimento. Há vários momentos em que se pode sentir o desejo de orar: por exemplo, para tirar uma nota boa numa prova ou para que faça tempo bom. Mesmo aqueles que não se consideram religiosos rezam por algo. Apenas o fato de desejarem boa saúde para seus filhos, ou de decidirem se desenvolver de alguma forma, também constitui uma oração, ainda que não queiram chamar isso de oração. A oração no Budismo de Nichiren Daishonin – a recitação do Daimoku ao Gohonzon – coloca as nossas diversas orações em fusão com a realidade, tendo como base a Lei universal da vida. Na verdade, o único meio de realmente despertar para essa maravilhosa prática é experimentá-la na própria vida. É impossível compreender a fé ou a vida somente por meio da teoria ou lógica. A vida não é algo abstrato. Deve ser vivida e sentida. É a história que construímos com nossos esforços e lutas em meio a nossa realidade. O Gongyo e o Daimoku representam a cerimônia na qual nossas vidas entram em harmonia com o Universo. O Gongyo é uma atividade em que, por meio de nossa fé no Gohonzon, vigorosamente colocamos em fusão o microcosmo de nossa existência individual com a energia vital do macrocosmo, de todo o Universo. Se realizamos isso regularmente a cada manhã e noite, nossa energia vital – nossa máquina – é fortalecida. O Universo é composto por um incalculável número de partículas elementares: prótons, elétrons, nêutrons, fótons; e também por átomos que compreendem os elementos químicos, tais como hidrogênio, oxigênio e cálcio. Essas mesmas partículas e elementos constituem nosso corpo. Um estudioso sugeriu que " o corpo humano é feito do mesmo material que das estrelas", e denominou os seres humanos de "filhos das estrelas". Nosso corpo não somente é feito da mesma composição do Universo como também é governado pelos mesmos princípios básicos de geração e desintegração e pelo ritmo de vida e morte que permeia o cosmos. Quando fazemos o Gongyo e o Daimoku diante do Gohonzon, o microcosmo de nossa vida individual entra em fusão com o macrocosmo do Universo. Alguém poderia perguntar por que a recitação do Daimoku e a leitura do Sutra trazem benefícios mesmo sem se compreender o significado dos caracteres. Um bebê toma o leite da mãe e se beneficia com esse ato; no entanto, ele faz isso sem conhecer a composição do leite. O mesmo acontece quando recitamos o Gongyo e o Daimoku. Naturalmente, será muito melhor se compreendermos o significado; porém, isso somente nos ajudará a fortalecer nossa convicção na Lei Mística. Contudo, se tal compreensão não for acompanhada da prática, então ela perderá definitivamente seu significado: " Exerça-se nos dois caminhos da prática e do estudo. Sem estes dois, não pode haver Budismo. Não somente o senhor deve se perseverar, mas também deve ensinar aos outros. Tanto a prática como o estudo surgem da fé. Deve contar aos outros com o melhor da sua habilidade, mesmo que seja somente a respeito de uma única sentença ou frase." No Budismo de Nichiren Daishonin, o conceito de "prática" é definido pelo princípio de Jigyo keta, cujo significado literal é "prática individual e prática altruística". A prática individual (jigyo) corresponde à leitura diária do sutra (Gongyo da manhã e da noite) e da recitação do daimoku (Nam-myoho-rengue-kyo), com fé no Gohonzon, visando à felicidade pessoal. A prática altruística (keta) consiste em ensinar os outros os benefícios do Gohonzon e a grandiosidade da filosofia budista. Abrange, portanto, o chakubuku, a orientação, as palestras e quaisquer esforços para incentivar alguém a aprofundar sua fé no Gohonzon. Qualquer filosofia sem a sua prática é uma idéia morta, e a prática sem filosofia não pode ser senão impulsiva e unilateral. O importante é reconciliar a filosofia com a prática, pois a grandeza de uma filosofia somente é reconhecível quando brilha pelo comportamento e experiência da pessoa. Em nosso mundo da fé dedicado à realização do Kossen-rufu, todos os que continuam resolutamente a recitar o Daimoku serão os verdadeiros vitoriosos. Com toda certeza, haverão de desfrutar uma vida de "felicidade absoluta", ou seja, o Estado de Buda. O fundamental é que, compreendendo este único ponto, suas vidas estarão seguras para toda a eternidade. Além do mais, não existe mais nada de especial além do fato de recitarmos Daimoku. É necessário nos tornarmos pessoas de bom senso, corretas e admiráveis dentro da sociedade. De fato, praticamos a fé para nos tornarmos cidadãos exemplares, bons pais, bons maridos ou esposas e bons filhos. É um Budismo que possibilita a elevação do próprio estado de vida, permitindo-nos tornar alguém assim. O Budismo existe para libertar as pessoas, não para restringi-las. O importante é se dedicarem, mesmo um pouco, todos os dias. O alimento que ingerimos diariamente transforma-se em energia para o nosso corpo. Nossos estudos, também, tornam-se um bem valioso quando dedicamos firmes esforços a isso dia após dia. Por essa razão, devemos viver cada dia de forma a nos desenvolvermos continuamente. e a força propulsora para realizarmos isso é o Gongyo. Num certo sentido, não existe uma prática budista mais simples do que fazer o Gongyo e o Daimoku. não temos que praticar estranhas austeridades como em algumas tradições budistas esotéricas. Também no caso de um mecanismo, quanto mais sofisticada for a tecnologia, será mais fácil operá-lo. Da mesma forma, a superioridade do Budismo de NichirenDaishonin nos capacita a extrair o estado de Buda por meio da prática mais simples. O Nam-myoho-rengue-kyo incorpora o nome e a vida de Nichiren Daishonin. Aquele que recita o Daimoku consegue evidenciar o estado de vida do Buda Nichiren Daishonin dentro da sua própria. Certamente haverá de se atingir o Estado de Buda. Não existem budas que ficam sofrendo eternamente na pobreza. Também não existem budas cruéis ou malvados, como não existem budas fracos que são derrotados na vida. Buda é um outro nome para uma pessoa que está determinada a vencer não importa o que aconteça.
Texto compilado de matérias de estudo do Bloco Mandala, da BSGI, Barra, RJ - 2008

243 comentários:

1 – 200 de 243   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

UMA PESSOA QUE PRATICA OUTRA RELIGIÃO PODE PRATICAR O BUDISMO NITIREN?


JONASMELO1@IG.COM.BR

GRATO.

Cesinha Chaves disse...

Caro Jonas

o Budismo de Nitiren é um filosofia e uma religião. No Budismo a visão de deus é bem diferente das religiões conhecidas, onde o deus é um ser superior e distante, que tem controle sobre as vidas das pessoas. Para o Budismo todos têm inerente dentro de si o Estado de Buda, que podemos alcançar com a prática do Budismo de Nitiren. Assim, através da Lei Mística da Causa e Efeito, tomamos o controle da vida nas nossas mãos, pois acreditamos que somos reflexo do que pensamos, falamos e fazemos. A nossa vida passa ser apenas de vitórias, já que sabemos que somos os causadores de tudo que nos acontece, e não algo que venha "de cima", destino ou coisa parecida. Não é um deus que julga as pessoas, mas é a própria pessoa que faz o julgamento de si mesmo.

Estou lhe enviando por email dois textos que devem lhe ajudar nessa questão. Aproveito e me coloco à disposição para qualquer esclarecimento, deixando claro que farei o que estiver ao meu alcance para que vc também ingresse na prática desse maravilhoso Budismo.

Boa sorte e continue com o seu espírito de busca!

Nam myoho rengue kyo.

Michel disse...

uma pessoa que vem de outra religiao pode pratica o budismo michelitomenescal@gmail.com

Cesinha Chaves disse...

Michel, a resposta ao comentário acima é serve para a sua pergunta. Lhe encaminho os mesmos textos que enviei para o Jonas que veio com essa mesma dúvida. Leia também o post Budismo e Cristianismo em -> http://budanaweb.blogspot.com/2009/02/budismo-e-cristianismo.html.
E quaisquer dúvidas, pode me procurar que farei o possível para lhe ajudar.

barbaralacerda disse...

Nam-myoho-rengue-kyo
Devoto-me respeitosamente à lei mística de causa e efeito que rege o universo.

Parabéns pela iniciativa Cesinha.

Bárbara Lacerda!
DFJ

Anônimo disse...

Antes de mudar-me participei por algumas vezes de reunião do Budismo de Nitiren Daishonin,gostei muito mas agora não tenho como, tem alguma valia eu continuar praticando o Nam-myoho-rengue-kyo,qual é o beneficio? meu email jolindamoraes@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Respondendo a jolindamoraes@hotmail.com, o tripé base do Budismo é prática, estudo e fé.
A pratica diária é o Gongyo, que é a leitura de trechos do Sutra de Lotus e o Daimoku, que é se recitar o nam myoho rengue kyo.
O estudo lhe dá base para se aprofundar e desenvolver cada vez mais a sua fé.
Uma das razões de se praticar o Budismo de Nitiren Daishonin é para se alcançar felicidade e sabedoria, através da recitação do Nam myho rengue kyo.
Mas você apenas fazendo a sua prática solitária
estará deixando de lado a mais nobre causa do Budismo de Nitiren Daishonin, que é o Kossen-rufu, a paz mundial, que cabe a cada um de nós perseguir.
Aqui é importante a relação mestre discípulo, onde agimos como vários corpos e uma só mente.

Onde vc está? Qual cidade e bairro?
Existem grupos de estudos e blocos em várias partes do Brasil.
Posso procurar um perto de você.

O importante é continuar na prática sem interrupção, como água corrente.
Com fé e determinação você com certeza vai encontrar o caminho que irá leva-lo
a você receber seu próprio Gohonzon, e passar cada vez mais a divulgar a Lei Mística da Causa e Efeito, juntando-se assim às fileiras dos que trabalham pelo Kosen-rufu.

Aguardo seu contato!.

Anônimo disse...

gostaria de aprender a medita e colocar minha mente mais firmes em meus objetivos.

Anônimo disse...

sou viciada em jogos de maquinas de dinheiro,gostaria de me libertar desse vicio ,estou praticando daimoku á um mes e ainda não consigo me controlar quero ajuda urgente estou desesperada quanto tempo preciso praticar para me livrar logo desse vicio ,preciso de ajuda urgente!

Cesinha Chaves disse...

Por favor, deixe seu email para que possa entrar em contato e ver no que posso ajudar.
Desde já, peço lhe que antes de fazer o seu Daimoku, DETERMINE com toda a sua força que vai se controlar, que é você quem faz o seu caminho e a sua vida. Coloque isso num papel e leia e releia sempre antes da sua prática. Quando sentir "o jôgo" lhe chamando, imediatamente comece a recitar o Daimoku, lembre-se das suas determinações e se concentre na sua voz. Foque apenas em você repetindo Nam myoho rengue kyo.
Aguardo seu contato. Boa sorte!
"Dominar-se a si próprio é uma vitória maior do que vencer a milhares em uma batalha." (Sakyamuni).

Anônimo disse...

obigada por responder, quer dizer que tudo que eu quizer determinar para minha vida eu posso por em um papel escrito e reler todas as vezes que recitar o daimoko, muito obrigada pela sua atenção vou determinar assim e vou conseguir eu creio.

Anônimo disse...

há 1 mes e meio estou praticando o daymoko todos estão sentindo uma grande mudança em mim as vezes fico pensando que estou me preparando para morrer. é normal sentir isso, já me comuniquei com voce sou a anônimo da maquininha, lembra meu endereço do email é lulopes08@ig.com.br quero ser seu amigo espero resposta .

Anônimo disse...

quero praticar o 'nam myoho rengue kyo' com o maior respeito possível.
como posso fazê-lo? do que preciso? pode ser em casa?

Cesinha Chaves disse...

Caro "Anônimo"
Você pode praticar o Budismo de Nitiren Daishonin em casa, mesmo sem frequentar um grupo de estudos, o que é aconselhável. Na parte de cima do blog, bem no início do lado direito, onde tem a flôr de lótus, tem um guia de como começar na prática. O link direto é -> http://www.budanaweb.com/2009/03/textos-de-introducao.html.
Deixe seu email para futuros contatos e para que eu possa lhe ajudar nesse início da prática. Boa sorte!

Anônimo disse...

Olá, eu pratico o budismo de nitiren em casa, todos os dias. Ainda nao tenho o juzu nem o oratório. Faço a prática em frente ao espelho. Só que eu gostaria de uma indicação de um grupo de estudos perto de onde moro. Moro na Ilha do Governador - Rio de Janeiro. Meu e-mail é:zelita2002@yahoo.com.br
Desde já agradeço.

Anônimo disse...

cesinha, fui eu que pedi as orientações acima, se posso fazer em casa, etc.
(meu nome é olavo - e-mail: sjolavo@ig.com.br)

Anônimo disse...

eu queria saber se posso pedir ou determinar qualquer coisa para mim pessoal,e se eu estiver pedindo errado o que pode acontecer.

Anônimo disse...

como devo fazer o daymoko,eu ainda não tenho o oratório do gohoson .eu costumo fazer enfrente do computador,mais gostaria de saber se posso fazer com os olhos fechados e se tenho que ficsar no meu pedido de derteminação gostaria de ser orientada melhor,como fazer.

Anônimo disse...

cesinha voce não responde mais nossas perguntas!

Cesinha Chaves disse...

Anônimo: Primeiro, desculpas pela demora em responder, pois estive ausente da web por alguns dias.
Não se "pede" nada, pois não existe nada ou ninguém que possa lhe respoder e lhe atender. Você tem de determinar o que quer e ir atrás. É ação e oração. Sabe aquele ditado "cuidado com o que desejas pois pode se tornar realidade"? É bem por aí. A Lei da Causa e Efeito é implacável, não perdoa nada, por isso devemos ter o pensamento reto e o coração puro. O resto é consequência. Peço lhe que quando entrar como "anônimo", deixe um email para que possa lhe respoder diretamente, OK? Boa sorte!

Cesinha Chaves disse...

Mais uma resposta para um "anônimo" (5.5.9)
Você não precisa do oratório e do Gohonzon, nessa fase inicial, para fazer Daimoku. Não faça em frente ao computador, muito menos de olhos fechados. De acordo com os 10 Fatôres, somos formados de Aparência (parte externa, física), Natureza (parte interna, invisível), que juntos formam a Entidade (visível + invisível). Se fizer Daimoku de olhos fechados, estará "anulando" uma parte de você! Nossa prática é feita de olhos abertos, com o olhar fixo no Gohonzon (para quem já se converteu e já tem em casa) ou olhando fixamente para um ponto numa parede lisa, livre de distrações como quadros ou desenhos. Veja no "kit" de introdução (na flôr de lótus na direita) um passo a passo para a prática. Boa sorte!

Anônimo disse...

ola meu nome e cristina moro em ribeirao pires sp,sou membro a 4 anos adorei a sua iniciativa continue assim pois tenho certeza que ira ajudar a varias pessoas; desejo que tenha toda boa sorte do mundo

Anônimo disse...

PARABÉNS CESINHA!!!
ESSA SEMANA ENCONTREI SEU BLOG "NÃO POR ACASO", NÃO É? SOU PRATICANTE DO BUDISMO DE NITIREN DAISHONIN DESDE OUTUBRO DO ANO PASSADO...REALMENTE É MARAVILHOSO ESSE ENSINO!!!NÃO A TENHO COMO RELIGIÃO, MAS COMO FILOSOFIA DE VIDA!A CADA DIA QUE PASSA TENHO MAIS DETERMINAÇÃO ATRAVÉS DA MINHA PRÁTICA BUDISTA.
PARABÉNS PELA SUA DISPOSISÃO EM RESPONDER AS PERGUNTAS COM TANTA BOA SORTE, SAIBA QUE VOCÊ ATINGIU MEU CORAÇÃO, ESPERO SINCERAMENTE QUE VOCÊ POSSA ATINGIR A MILHARES, A DEZENAS E CENTENAS DE PESSOAS!!!BOA SORTE... MEU EMAIL É JOYCYMOTTA@YAHOO.COM.BR
NAM MYOHO RENGUE KYO,
NAM MYOHO RENGUE KYO,
NAM MYOHO RENGUE KYO!!!

Anônimo disse...

você tem algum texto bem detalhado sobre o significado do juzu? fico grata pela disposição...um abraço
joycymotta@yahoo.com.br

Cesinha Chaves disse...

Joycy acesse: http://belashistoriasbudistas.blogspot.com/2009/01/sobre-o-juzu.html

Boa sorte!

Anônimo disse...

OI,CESINHA, QUE LINDO O SEU BLOG! ADOREI...IMPRIMI UNS TEXTOS, VOU LER E APROVEITAR OS ENSINAMENTOS...TE CONHECI ONTEM, NA CAA DA ANA LUCIA BRITES...QUERIA AGRADECER PELA FORÇA E PELA AULA QUE ME DEU DURANTE A PRÁTICA, VALEU MESMO!
SABE ME DIZER SE TEM COMO EU IMPRIMIR A FOTOGRAFIA DA FLOR DE LÓTUS?É MUITO LINDA...
UM FORTE ABRAÇO E ATÉ BREVE...
IZA(iza3@uol.com.br)

Anônimo disse...

OLÁ, MEU NOME É ANA PAULA.
ESTOU CONHECENDO O BUDISMO, ACHEI MUITO INTERESSANTE, JÁ FAÇO DAIMOKU E GONGYO, MAS AINDA NÃO SOU CONVERTIDA. ESTAVA LENDO E VI QUE VOCÊ DISSE QUE SE PEDE NADA AO GOHONZON POIS NÃO EXISTE NADA E NEM NINGUÉM QUE POSSA NOS RESPONDER E ATENDER ,A GENTE DETERMINA. MAS ENTÃO PARA QUEM RECITAMOS O NAM-MYOHO-RENGUE-KYO E O GONGYO? COMO JUNTAMOS BOA SORTE? QUEM NOS DÁ? POIS É ORANDO QUE SE CONSEGUE.

aninharaujo_20@hotmail.com

Anônimo disse...

olá cesinha.
sou praticante iniciante do budismo de nitiren daishonin e, queria saber por que que sempre que o gongyo é feito por várias pessoas o regente é sempre um homem? Isso não seria um tanto machista?

aninharaujo_20@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Olá Ana Paula
Ao orar para o Gohonzon, vc está se conectando com o Universo através da Lei Mística da Causa e Efeito.
É VOCÊ que move e transforma esse universo através da recitação do Daimoku e Gongyo,
que agem em você lhe transformando e elevando o seu estado, permeando o Estado de Buda.
Assim, você passa a viver e se devotar à Lei, fazendo causas boas e por consequência conseguindo efeitos bons.
Estudando sobre os 10 fatores da vida,
percebemos que os 3 primeiros explicam como funciona essa determinação,
pois tudo é gerado pela nossa mente:
O 1º fator, é Aparência, que o nosso lado visível e palpável.
O 2º fator é Natureza, que é a nossa parte interior, que não podemos tocar.
O 3º fator é Entidade, que é a mistura de Aparência e Natureza.
Ora, se a realidade é formada de uma "parte" externa e uma interna
se "desenharmos" uma realidade interna e acreditarmos nela com fé
com certeza essa se fundirá, através da Entidade, com a Aparência.
Então, quando determinamos o que queremos e fazemos nosso Daimoku e Gongyo
estamos criando a realidade que vamos viver.
Essa realidade não vem de cima, de algo esotérico ou mágico.
Simplesmente é resultado de seus Pensamentos, Palavras e Ações
que são a Lei da Causa e Efeito em funcionamento.
Com a prática Budista, você eleva seu estado de vida,
tem bons pensamentos, que geram boas ações e causas
assim os benefícios determinados seria efeitos da prática.

Cesinha Chaves disse...

Ana Paula
Não é só homem que rege reuniões não.
Eu já fui a muitas que foram regidas por mulheres!
Rs
De qq forma, questione tudo, o pessoal vai adorar responder as suas perguntas!

Hugo Matsuda disse...

E ai Cesinha.

Cara muito legal seu Blog, espero poder aprender muito mais sobre o Budismo de Nitiren lendo seu blog. Venha visitar o meu Blog assim que puder,ainda só contem minhas experiências de fé, recebi o Gohonzon agora dia 13/06/09, espero que goste.

Abraço Hugo Matsuda

Abraços de Hugo Matsuda

Cesinha Chaves disse...

Parabéns pelo Gohonzon, Hugo! Já estou acompanhando as suas experiências pelo seu blog. Fique a vontade e explore bastante o Buda Na Web, pois tem muita informação para lhe ajudar na prática. E recomendo que também visite e vasculhe o site As Mais Belas Histórias Budistas em http://historiasbudistas.orgfree.com/

Anônimo disse...

nosssa esse é o verdadeiro budismo maravilhoso inesplicadamente para tds q querem pradicar o budismo pratiquem o budismo de nitiren daishonin e recitem o NAM MYOHO RENGUE KYO parabens a sgi e bsgi pelo esse maravilhoso trabalho q vcs estão fazendo e continue recitando o NAM MYOHO RENGUE KYO ♥

laura disse...

Moro em Duque de Caxias caso tenha alguém que more por aqui , e queira participar de reuniões da BSGI do Budismo de Nitiren Daishonin é só entrar em contato comigo e terei o maior prazer em recebe-lo
Laur-een@hotmail.com

Albali disse...

Prezado Cesinha, estou entrando em contato agora com o Gongyo e o Daimoku. Comecei a praticar usando o MP3 que baixei para o meu PC. Porém já li sua recomendação de praticar frente a uma parede vazia. Minha pergunta é: posso continuar a recitar junto com a gravação MP3? Segunda, tenho observado que ao longo de minha vida fiz escolhas erradas, me empenhei por causas que me trouxeram muito sofrimento: é possível modificar totalmente esse "carma" que me leva a situações repetitivas, através da prática budista? Desde já agradeço a atenção, parabenizo-o pelo seu ótimo blog e solicito oe envio de textos que me ajudem na compreensão destes aspectos. Um grande abraço, Albali (albalif @gmail.com)

Cesinha Chaves disse...

O MP3 é para dar uma base para a recitação. Não há problema recitar junto, principalmente no início da prática, pois "a voz faz o trabalho do Buda". Quer dizer, enquanto você estiver usando a sua voz para ecoar o Daimoku no universo, você estará transformando seu Estado de Vida. Mas é claro que é o MP3 aqui é só um incentivo. Em breve você estará fazendo sem esse artificio.
Nosso carma é passível de transformação sim. O Nam myoho rengue kyo age direto no carma. Leia o texto "O que é Carma "que deve lhe ajudar a entender melhor como funciona a Lei Mísctica da Causa e Efeito através do pensamento, palavra e ação.
Mas é importante você frequentar um grupo de estudos, que acontecem em casas de Budistas mais experientes. O blog é para dar um apoio e ajudar nos estudos. Nas reuniões você vai "viver" o Budismo e terá como sanar dúvidas mais facilmente. Me diga onde mora que consigo um bloco perto da sua casa.
Grato pro tudo e boa sorte!

Albali disse...

Caro Cesinha, acabei de receber um convite para participar de um dos blocos perto de minha casa (Tijuca). Grata pela orientação e oferecimento.
Um forte abraço e muita boa sorte.
Albali

Cesinha Chaves disse...

Que ótimo ter recebido o convite para uma reunião, e ainda por cima, perto da sua casa! Pode crer que não foi por coincidência! Com seu Daimoku você já está movimentando o Universo na sua direção! Que sorte a sua! Por favor, me mantenha informado, OK?

Anônimo disse...

Olá! Há algum tempo tenho procurado informações sobre introdução ao budismo, e muito me alegrou achar o seu blog!! Confesso me simpatizar pela filosofia mas ainda não sou praticante. Percebo q vc envia o endereço de grupos de estudos aos interessados, por gentileza vc pode me enviar alguns endereços de grupos q fiquem na zona norte de São Paulo, para q eu possa aprofundar meus conhecimentos no assunto? Grata por tudo, um grande abraço e sabedoria!!
joycewatusi@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá,gostaria de saber se há algum problema em colocar outras coisas no oratório...tipo,os objetivos por escrito,fotos,enfeites..pq dizem que é desrespeito ao Gohonzon,que só deve oferecer as velas,o incenso,os ramos verdes e as frutas.Mas concorda que se a pessoa for distraída ela se distrae até com isso quando está orando??Conheço pessoas que são afortunadas e recebem benefícios mesmo colocando objetos a mais...gostaria que esclarecesse pois tem dirigentes que criticam muito isso.

Cesinha Chaves disse...

Oi
Por favor, dê uma lida na matéria Significado dos oferecimentos ao Gohonzon em http://www.budanaweb.com/2009/02/significado-dos-oferecimentos-ao.html
Quando se fala que é desrespeito colocar fotos e enfeites, creio ser baseado em que o Gohonzon, além ser a inscrição do Nam myoho rengue kyo, é o espelho da nossa vida, do nosso Buda. "Adornar e decorar" além de ser algo totalmente fora de propósito, seria banalizar algo tão grandioso. Eu tenho os meus objetivos escritos num papel. Mas não coloco à vista, nem no butsodan, mas guardo dentro do meu calendário e leio antes de iniciar meu gongyo.
Nada é PROIBIDO no Budismo, pois a Lei é infalível, portando o uso do bom senso sempre é o recomendado.
Muito bom você questionar e pedir esclarecimentos para o pessoal do seu bloco. Tem de questionar mesmo, e não "engolir" de qualquer maneira. Tem de entender, Budismo é razão e lógica.
É prática, fé e estudo, e questionando... se estuda!
De toda forma lembre-se sempre disso:
Siga a Lei e não as pessoas
Assim não tem como errar!

Grato por tudo.

Rita disse...

Oii Cesinha,muito obrigada ,viu??
Me converti faz um ano e ainda surgem muitas dúvidas!

abraços e bom fim de semana!!
Rita ♥

Nany Zimmermann disse...

...Bom dia , eu vim aqui pra lhe dizer, que estou extremamente FELICÍSSIMA por estar frequentando reuniões em minha cidade fazendo DAIMOKU...enfim estou a pouquissimo tempo e cada vez mais apaixonada...APRENDENDO e acreditandu num kosen rufu bjos ...nanyzimmermann@hotmail.com

NAM MYOHO RENGUE KIO

Cesinha Chaves disse...

Nany! Você não imagina como estou feliz com essa sua notícia! Kossen-rufu é o objetivo mais nobre do nosso Budismo, e vamos conseguir juntos, falando de coração para coração para cada um de nossos amigos e pessoas que cruzam nosso caminho, sempre propagando a Lei Mística da Causa e Efeito!
Peço-lhe, se possível, me mantenha informado dos seu progresso, e pode contar comigo com o que precisar!

Thi x)~ disse...

Gostaria de saber e conhecer algum grupo em Ribeirão Preto - SP pois gostaria de frequentar as reuniões, mas não sei onde... Poderia me ajudar?

Cesinha Chaves disse...

Thi x)~ Vou procurar. Preciso saber a sua faixa etária e sexo, para poder colocar a pessoa responsavel em contato. E deixe um email, por favor.

Anônimo disse...

Olá Cesinha, sou de Ribeirão Preto/SP e iniciei há pouco a prática do Budismo Nitiren. Pude me beneficiar enormemente com os estudos postados no seu blog. Parabéns pela iniciativa! Vigorosa boa sorte para você e todos que lutam pelo Kossen Rufu. Valdirene Destro.

biaribeiro20092009 disse...

moro em MAGE e atuo como vice responsavel de bloco, caso alguem queira saber onde nos reunimos, terei o maior prazer em responder o seu email.venham somar conosco.

Cesinha Chaves disse...

Bia, deixe seu email que entro em contato. Grato e boa sorte na luta em Magé!

dayanne555 disse...

Daiane

Oi, queria saber mais sobre a pratica do budismo e como faço para participar dos grupos ??? moro na zona leste tenho 24 anos.

Email. dayanne555@hotmail.com

Marcelo Almeida disse...

Cesinha, Obrigado por esse excelente Blog, já estou fazendo o Daimoku a 3 meses e encontrei um lugar na minha cidade e apartir da semana que vêm irei participar das reuniões. Quanto tempo leva para eu receber o Gohonzon? Estou muito ancioso.
Muito obrigado
N-M-R-K!

Cesinha Chaves disse...

Olá Dayanne. Você pode procurar a BSGI aí em SP, R. Tamandaré, 1007, tel: (011) 3274-1800, email informacoes@bsgi.org.br.
Diga que está procurando um bloco perto de sua casa que eles lhe colocarão em contato com a pessoa responsável pela sua área.
Boa sorte!

Cesinha Chaves disse...

Caro Marcelo. Para receber o seu Gohonzon, normamlmente é necessário ter pelo menos uma boa base sobre alguns dos princípios budistas e saber recitar o Gongyo. Fale com os dirigentes do seu bloco que eles lhe orientarão nesse sentido.
Grande abraço e grato por tudo.

Thi x)~ disse...

Então, sou uma guria de 19 anos. mas agradeço pelos telefones de contato.. e em breve digo se tudo deu certo. Obrigada

nathalya disse...

ola eu sou do budismo de nitiren dishonin de porto alegre eu gostaria se saber o significado da palavra nam-myoho-rengue-kyo dai eu gostaria que vc mandasse a resposta para o e-mail tynharb@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Nathalya, no blog tem uma matéria sobre o significado de Nam-myoho-rengue-kyo. Para acessa-la, click aqui ou recorte e cole no seu browser -> http://www.budanaweb.com/2008/07/o-significado-de-nam-myoho-rengue-kyo.html

Anônimo disse...

Cesinha, pode me dar uma ajuda se aqui na Taquara-RJ tem algum grupo de estudo? Faz algum tempo, uma conhecida me passou que havia um próximo à Estrada do Mapuá, vc tem como verificar. Obrigada, Renata (33 anos).
renatabnpg@ig.com.br

Cesinha Chaves disse...

Olá Renata
Estamos com as atividades paradas até o dia 16 devido ao surto da gripe suína. Já vou procurando um bloco aí na Taquara e lhe passo em breve.
Grato por tudo.

Anônimo disse...

Olá Cesinha!!

Participei de algumas reuniões, com uma amiga querida, tenho muitas dúvidas, fico me perguntando se estou blasfemando contra Deus, se de fato estou na busca correta, algumas vezes que fui à igrejas, chorei muito e senti muito aperto no coração. Apesar de sentir muita tranquilidade nos membros, será que Deus não existe?

Cesinha Chaves disse...

Existem religiões Salvíficas e Deístas, veja na matériaBudismo e Cristianismo.
Eu acredito que foi o homem que criou deus e não ao contrário.
No Jornal Brasil Seyko destaco essa passagem:
" O sentimento religioso surge para explicar o inexplicável — os fenômenos da natureza, que para as pessoas não têm uma explicação racional.
Assim, para o cristão, o “inexplicável”, ou os fenômenos do universo, é atribuído a Deus, que vive no céu e dita as regras da Terra. Ele criou todo o universo, o homem, o sol, a lua, as estrelas, as plantas, os animais etc. e possui imensa benevolência e compaixão pela humanidade. No entanto, as pessoas colocam Deus em dois extremos: por um lado Ele possui um amor incondicional para com as pessoas, por outro é um severo punidor e o sofrimento das pessoas é desígnio de Deus. Tanto é que todos conhecem as famosas frases: “Deus quis assim!”; “Esse é o destino que Deus me deu!” entre outros.
Nos ensinamentos budistas, os fenômenos são atribuídos a uma Lei que rege o universo. Essa Lei é denominada Nam-myoho-rengue-kyo."
Acreditar no inexplicável é o dogma base das religiões Deístas. Budismo é lógica e os princípios Budistas seguem a razão. Tudo se resume a Lei Mística da Causa e Efeito.
Siga a Lei, não as pessoas.
Grande abraço e boa sorte na busca e sempre.

Anônimo disse...

sou mendroa 4 anos mais ainda tenho duvidsdas que tenho vergonha de preguntar para os diregente sou separada gosto de uma pessoa gotaria de saber si posso fazer daimoko pra esa prssoa ficar comigo

Cesinha Chaves disse...

Fé e não ter dúvida. Você deve procurar alguém do seu bloco para pedir que lhe oriente. Você não deve ter vergonha da sua vida. A Lei é implacável, e você pode até esconder algumas coisas dos outros, mas você não pode enganar a si própria. Ouça o seu coração...Deve ter alguém no seu grupo com que você possa conversar a respeito.

Anônimo disse...

Oi, cesinha, adorei as suas orientações, pra mim um grande incentivo.Boa Sorte!!! Lucia

Anônimo disse...

Olá Bom dia!
Meu nome é Márcio Paulo e sou praticante e conversito, gostaria de deixar aqui o meu contato e dizer que estou disponivel para ajudar qualquer pessoa, pode ser em encontrar comunidade, frequentar o Kaikan e explorar um pouco mais da lei mistica, moro na Av. Paulista em São Paulo e estou a disposição.

Meu email é: marciu.bispo@hotmail.com
Telefone: 11-91033065

Anônimo disse...

Bom dia cesinha, sou preticante do budismo,jà tive a boa sorte de alcançar objetivos através de meu daymoku e de meu gongyo, inclusive dei depoimentos no centro cultural e em reuniões. Aqui em casa só eu pratico, estou lançando objetivos, para que meus filhos venham a preticar.
Apesar de ser membro e fazer minha prética diária tenho umas duvidas, que sei que vc poderá me esclarecer.
Quando estamos em frente ao gorrozon para onde devemos fixar nosso olhar no pergaminho?
E quando lançamos objetivos só valem o daymoku que fazemos em frente ao gorrozon ou o q faço quando estou em minhas tarefas diárias também ajudam?
Lhe agradeço desde já pela sábia orientação e te desejo muita boa sorte.
Meu email é. neiavpt@yahoo.com.br

Cesinha Chaves disse...

Olá!
Fico contente de vc ter chegado até o blog e de saber que está indo bem na prática, inclusive mantendo uma das diretrizes essenciais que é a prática para a harmonia familiar!
A orientação que recebi uma vez foi a de fixar os olhos no Myo, que é o 2º caracter que fica no centro do Gohonzon.

Os objetivos que lançamos devem estar fortes dentro do nosso coração.
Escrever num papel e ler toda vez antes do Gongyo e Daimoku é uma prática que ajuda a incutir cada vez mais essas determinações dentro da gente.
Na prática da manhã e da noite vc deve mentalizar bem o que quer antes de começar, mas vc pode e deve fazer mais Daimoku a qq hora do dia ou noite.
Como essas determinações já fazem parte de vc, pois estão dentro do seu coração quando vc entoar o Daimoku elas serão lançadas automaticamente para o Universo.

Portanto em frente sempre, pois avançar um pouco todos os dias é muito mais que retroceder!

Grande abraço, grato por tudo e boa sorte!

norinha disse...

Meus parabens pela explicac;ao!!
me valeu muito!!
obrigada!
bj!

juliana disse...

Primeiramente, muito obrigada pela clareza das explicações, e estou iniciando no budismo agora e acima vi um comentário seu a respeito de procurar um metre pperto da pessoa que te indagava, eu gostaria q pudesse me ajudar, pois eu me identifico demais com o budismo tibetano, com as práticas, leio a sutra do lótus todos os dias, porém ainda não sei meditar nem entendo bem os grandes ensinamentos..será q pode me ajudar?? meu email: julizinharoo@hotmail.com
desde já grata!

Cesinha Chaves disse...

Cara Juliana,
o Budismo de Nitiren Daishonin é diferente do Tibetano. São duas visões distintas, a dos Primeiros dias da Lei e a dos Últimos Dias da Lei. Leia a matéria "O ensino para se atingir o estado de Buda na presente forma", que deve facilitar a você entender algumas das diferenças, recorte e cole o seguinte endereço no seu navegador:
http://www.budanaweb.com/2009/06/o-ensino-para-se-atingir-o-estado-de.htm.
O Budismo de Nitiren é passado de pessoa a pessoa, ou de coração a coração.
Temos "blocos" de estudos que são realizados em casa de Budistas veteranos. Posso localizar um para você. Preciso da sua faixa etária, cidade e bairro com CEP que encontro alguém perto de você para lhe levar a uma reunião.
Fico aguardando o seu contato e parabéns pelo seu espírito de busca.

Beatriz disse...

Olá estou praticando o daymoku a 2 meses fui em 2 reuniões,mas a prática do daymoku é diária,a 3 dias comecei a fazer o Daymoku por uma hora,mas me disperso olhando para o relógio gostaria de saber se poderia me enviar um mp3 com 1:00hr de daymoku,pois qdo comecei com os 6minutos gostei e mudei para os 15mnt acho pouco pela revoluçao que está havendo em minha vida,logo estarei com o gohonzon em minha casa aí então estarei plena,pois minhas ações do dia a dia foram modificadas estou me tornando uma pessoa de honra.

Cesinha Chaves disse...

Beatriz
que bom que está recitando diáriamente o Daimoku! Você não precisa do mp3 rodando para entoar por uma hora! Na verdade o mp3 é para se familiarizar com o som e o ritmo. Daishonin disse que "a voz faz o trabalho do Buda". Você é que vai conduzir o seu Daimoku vibrante pelo tempo que quiser! Um outra sugestão é, em vez de ficar olhando o relógio, meça o tempo com uma vareta de insenço. Acenda e faça o seu Daimoku até este acabar, por exemplo.
Continue assim com a sua prática diária, sempre como água corrente, que correm sem parar.

Beatriz disse...

Olá Cesinha
muito obrigada mesmo,suas matérias ajudou a mim e ao meu grupo de estudo,pois cada dia aprendo algo novo e passo as outras pessoas,qdo oro peço sempre força pra continuar
a orar pois cada dia tem algo que tenta me impedir,logo no início sen
ti até mal estar somente em fazer daymoku por alguns minutos,sentia
muitas dores de cabeça e quase
todos os dias desarranjos e não
conseguia me alimentar.O que pode
ser isso?
meu email é biabia62@hotmail.com

Um abraço até breve

Anônimo disse...

Ola! estou praticando Daimoku a algum tempo conhecei o Budismo atraves de um rapaz q estou me ralcionando leio muitos artigos sobre o budismo e acredito nesta revolução humanam embora nao tenha conseguido largar totalmente os principios da religiao q seguia (cardesismo) sinceramente nao vi nenhuma mudança ainda mas tenho fé q essa revolução vai acontecer, estou recitando tbm para q meu relacionameto com este rapaz de certo "nao sei se esta correto" mas sinto q posso ter um otimo relacionamento com ele pois ele tem todas as virtudes q sempre esperei de um homem.
carolsantos77@yahoo.com.br

Cesinha Chaves disse...

Olá Carol.
A revolução humana é como uma planta, cada uma tem o seu tempo para crescer e desabrochar. O Budismo é a "tala" que ampara a planta no seu início, para que essa possa crescer sadia e forte. Procure ler as diferenças emtre as religiões Deístas e as Salvíficas na matéria Budismo e Cristianismo -> http://www.budanaweb.com/2009/02/budismo-e-cristianismo.html.
No mais siga em frente, sempre recitando Daimoku como tem feito e boa sorte!

Anônimo disse...

Sempre busquei algo para preencher o vazio dentro de min.Nao existe nada no mundo que preencha isso e as vezes quando eu acho que estou gostando de alguma coisa eu logo enjoou e largo.
Esta sensaçao me faz pensar as vezes que eu nasci no espaço errado, no local errado, na familia errada e com amigos errados.Busco a paz espiritual, quero que meu espirito sossegue, sei que para muitas pessoas isso parece ser frescura e tolice mas eu preciso disso.
Nasci em familia catolica mas nunca pratiquei o catolicismo, frequentei igrejas protestantes, busquei ajuda no judaismo, li sobre cabala e A Arte da Guerra,mas nada serviu.
Ate que encontrei alguns textos sobre o budismo.Li Koans e Contos Zen-Busdistas e depois conheci o budismo de Nitiren.Me interessei muito, o pouco que sei sobre o budismo tem me ajudado bastante na vida.Onde eu moro nao ha templos, esta nem mesmo é uma religiao comum por aqui.
Estou estudando sozinha, mas para mim isto é dificil porque o budismo é muito complicado de se entender.Começo a ler os textos que encontro na internet mas tem certos nomes proprios que complicam tudo.
Gostaria de saber onde posso encontrar textos simplificados para iniciantes, que contenhas os principios fundamentais e as formas de como praticar o Budismo de Nitiren.

Cesinha Chaves disse...

Que ótimo que achou o BudaNaWeb. Aqui vc pode encontrar os textos que procura. Comece pelo "kit de introdução" e depois leia as matérias básicas que estão na barra lateral.
O Budismo de Nitiren é simples e complexo ao mesmo tempo. É bem fácil de praticar, e com os estudos, você vai entendo cada vez mais. Budismo tem um tripé de embasamento que é Estudo, Prática e Fé. O ideal é você frequentar um bloco de estudos e ver e viver o budismo vivo, pois estudando e praticando sozinha, a coisa fica mais pro lado do "budismo de escrivaninha". O interessante é se falar de coração para coração e é isso que acontece nas reuniões.
Entre em contato com a BSGI em SP (011) 3274-1800 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br e pergunte por um bloco perto de você. Caso não consiga, me envie a sua cidade, bairro, cep e faixa etária que eu procuro.
Boa sorte e continue com seu espírito de busca!

alessandra disse...

é errado praticar pra trazer a pessoa amada de volta?

estou sofrendo muito por amor ,e gostaria de saber se nao ha problemas praticar com essa intençao

Cesinha Chaves disse...

A nossa prática é da causa para o efeito. Se você quer mudar os efeitos na sua vida tem de fazer causas diferentes também.

Anônimo disse...

achei muito interessante.
Como praticar, preciso entrar em contato com algum grupo. Moro em Brasília - DF
paarabéns pelo blog, informações muito importantes para o leigo.
abs
Maria

Cesinha Chaves disse...

O ideal para praticar é mesmo procurar um bloco de estudos perto de você. Entre em contato com a BSGI em SP (011) 3274-1800 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br e pergunte por um grupo na sua àrea aí em Brasília. Caso não consiga, me envie aqui pelo blog a sua cidade, bairro, cep, sexo e faixa etária que eu procuro.
Boa sorte e parabéns pelo espírito de busca.

Anônimo disse...

Eu Moro japao e a 9 Medes eu entrei para o budismo Niteren Daishonin. Como aqui a comunicacao e dificil , mais eu procuro na net mais sobre o budismo se poder me explicar mais sobre o assunto eu agradeco. Ja recebi benificil porisso quero entendeu mais pra me aperfesuar mais . Muito obrigada Simone

Selma disse...

Olá Cesinha, sou resp. de Comunidade da DF, adorei o seu blog, parabéns pela iniciativa. A voz executa as palavras do Buda, e você a faz com muita destreza. Viva, viva, viva. Continue assim incentivando e propagando esse maravilhoso ensino.
Aos visitantes do site recitem Nam-Myoho-rengue-kyo, comprovem em sua vida e façam sua Revolução Humana.

Boa Sorte, companheiro, juntos lutamos pelo Kossen-rufu !!!!!

goretti disse...

Caro amigo,
Tenho uma fabulosa historia com o Budismo de Nitiren, primeiro necesito dizer que o que leio de vc me faz crer que vc e simplesmente iluminado! Bom, eu vivo na Holanda, desde 1991, conheci o Budismo em 85 no Japão, e ali mesmo iluminadamente recebi o Gohonzon, nestes 24 anos viajei por 26 Paises e somente agora Consagrei meu Gohonzon o que MUDOU MINHA VIDA NO MOMENTO EXATO....decidi dedicar-me firme e cosntantemente a essa descoberta FABULOSA, e tenho estudado atraves da Internet com seus aprendizados e ensinamentos, gostaria de receber Livros, todos que fossem possiveis em portugues ou espanhol, sera que vcs podem me ajudar? A parte disto busco alguem com facilidade e objetivo de escrever um livro pra contar uma ESPETACULAR HISTORIA...CREIAM... no mais para os interessados em alguns dos meus pedido meu email e: gorettiprins@hotmail.com....obrigada antecipadamente.

Cesinha Chaves disse...

Olá Goretti
que ótima a sua mensagem! Tenho um amigo que está para receber o Gohonzon aí na Holanda. Ele mora em Amsterdam. Em que cidade vc está? Talvez vocês 2 possam trocar informações!
Envio via YouSentIt o livro Síntese do Budismo e uma apostila que espero lhe ajude nos estudos.
Boa sorte e vamos nos falando.

EDUARDO disse...

Olá Cesinha,é a primeira vez que estou fazendo um comentário, bem me chamo Eduardo moro no interior do Paraná, em Palotina uma cidade extremamente católica colonizada por padres palotinos, tenho 16 anos e conheci o Budismo através da cantora Tina Turner, quem admiro muito, no início de 2009 e depois disso pesquisei mais e mais coisas sobre o assunto e não tive mais duvidas encontrei o que realmente estava faltando para mim sair da vida que estava levando pois tinha vergonha, medo até de sair de casa devido a "discriminações" que passava na escola em que estudava (sabe cidade pequena todo mundo se conhece). As discriminações não eram pela aparência física, mais por não gostar de festas(baladas) e ter opiniões diferentes da maioria dos adolescentes e por conta disso me tornei uma pessoa sem muitos amigos. Bem, essa é um pouco da minha história mas voltando ao Budismo pratico o Gongyo e o Daimoku por 6 messes adquiri quase todos os assessórios até imprimi um Gohonzon e coloquei no meu oratório provisório, não sei se isso é correto mas eu fiz, gostaria de saber se você sabe se existe algum lugar perto de minha cidade onde eu possa ir a reuniões e receber meu Gohonzon pois tenho certeza que em minha cidade eu sou a única pessoa adepta ao Budismo. Também gostaria de estar enviando mais comentários para que eu possa esclarecer minhas dúvidas.

Desde já agradeço se puder me responder, pode ser no meu e-mail ou aqui mesmo no Buda na Web

E-mail: edubnk_@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Olá Eduardo
Estou entrando em contato com a BSGI para saber de blocos em Palotina, e lhe passo assim que receber a informação.
Quanto a sua prática, de cara lhe peço que descarte o uso do Gohonzon baixado pela web. O Gohonzon é "sagrado" e imagens da web e/ou de outra fonte são consideradas um desrespeito ao Buda Original Nitiren Daishonin. É algo como um CD pirata, comparado ao original. O Gohonzon, que é o objeto para a análise da nossa mente tem de ser conquistado, pela prática, estudos e fé, não é algo que se compra na esquina. Uma vez agraciado com ele, este tem de ser consagrado com uma cerimônia com Budistas, para ter o aval e "funcionar" como deve ser.
Continue na sua prática, 2 vezes por dia mas sem essa imagem que baixou. Use, por enquanto um ponto na sua parede ou mesmo no seu altar improvisado, que vai ser muito melhor que carregar de energia algo totalmente desprovido do mesmo.
Em breve estarei entrando em contato com você
para lhe passar as pessoas que deve procurar aí
para começar no bloco de estudos e alcançar a concessão do seu Gohonzon.
Uma abraço e parabéns pelo espírito de busca.

Eduardo disse...

Obrigado Cesinha, fico realmente grato por esclarecer minhas dúvidas. Aguardo ansiosamente por sua resposta em relação aos grupos de estudo.

shyrley disse...

moro no litoral do parana e estou praicando o budismo de nitiren a algum tempo, recebi o gorozhon em outubro, e tdo q tenho a dizer e que encontrei a felicidade ondenunca havia procurado,dentro de mim. estou amando fazer a pratica. gostaria de conhecer pessoas do budismo q moram na italia, pois pretendo passar um tempo la e nao gostaria de parardefrequentaras reunioes. meu imal. shyrleycr@hotmail.com.

Cesinha Chaves disse...

Shyrley você pode procurar informações no site da SGI Itália, http://www.sgi-italia.org/index.php.
Boa sorte e boa viagem!

Laura Gabriela disse...

Cesinha, estou conhecendo o busdismo de nitiren daishonim agora. Uma pessoa que é de outra religiao pode se converter ao budismo??

Cesinha Chaves disse...

Laura, o Budismo de Nitiren é um filosofia e uma religião. No Budismo a visão de deus é bem diferente das religiões conhecidas, onde o deus é um ser superior e distante, que tem controle sobre as vidas das pessoas. Para o Budismo todos têm inerente dentro de si o Estado de Buda, que podemos alcançar com a prática do Budismo de Nitiren. Assim, através da Lei Mística da Causa e Efeito, tomamos o controle da vida nas nossas mãos, pois acreditamos que somos reflexo do que pensamos, falamos e fazemos. A nossa vida passa ser apenas de vitórias, já que sabemos que somos os causadores de tudo que nos acontece, e não algo que venha "de cima", destino ou coisa parecida. Não é um deus que julga as pessoas, mas é a própria pessoa que faz o julgamento de si mesmo.
Leia a matéria Budismo e Cristianismo em http://www.budanaweb.com/2009/02/budismo-e-cristianismo.html

CarolinasS2 disse...

Ola Cesinha,meu nome é Carolina e pratico o Budismo há 5 anos com minha Familia!!

Adoro suas postagens de Goshos,como sou Responsavel de Bloco,sempre q tenho duvidas venho até aki!!Parabéns! Você realmente tem muita Boa Sorte!!

Também estou a disposição para indicar os end dos blocos,atuo em São Paulo,centro sul,RM Saúde!!

Um grande Abraço!

carol_nessa_@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Grato Carol! Volta e meia entro em contato com a BSGI para conseguir blocos em SP e no Brasil. A próxima pessoa que chegar às minhas mãos procurando bloco na sua área, vou lhe procurar!
Abraço e boa sorte, em tudo!

Adriana disse...

Oi Cesinhaa..
Gostaria de saber se existe grupo de estudos em Canoas- RS
Ou algum mais próximo.
Frenquentei algumas vezes um grupo em Brasília e gostei bastante gostaria de voltar a frequentar.
Grata
Meu email é: drikinharj@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
osvalderli de almeida disse...

osvalderlialmeida@gmail.com bom dia cesinha chaves pratico o budismo de nitiren daishoni à 24 anos. mais desde que encontrei seu blog. fiquei encantado procuro ler quaze tds a postagem comentario, quando tenho tempo,sempre aprendo auguma coisa diferente è como se eu estivese conhecendo o budismo naquela hora è fantastico, o quanto estou enriquecendo meu conhecimento para poder passa no meu bloco muito obrigado e muita paz na sua vida e de td sua familia.

Carlos disse...

Boa tarde, Sr. Cesinha Chaves.


Meu nome é Carlos Angelo Junior, tenho 34 anos e li seu belíssimo relato sobre o budismo na internet. Ainda no sábado tive contato com um vovô de uma amiga que é praticante da filosofia budista desde muito novo. Ele me contou sobre alguns princípios básicos da filosofia, e no pouco que eu ouvi, tive a impressão de que o caminho do budismo pode ajudar-me a ser um homem e um marido melhor pra minha família e pra minha sociedade. Ele me falou sobre a escola que ele pertencia, que passa o budismo “alma à alma”, diferentemente dos grandes templos que conhecemos das outras religiões. Fiquei realmente encantado com as palavras daquele vovô, e queria muito conhecer a filosofia budista. Eu moro na Ilha do Governador na cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente no bairro do Tauá. Será que o senhor poderia me indicar a alguma pessoa que possa esclarecer-me algumas dúvidas e quem sabe, seja eu merecedor, apresentar a filosofia budista para mim?

Desde já te agradeço por sua atenção.

ATT;

Carlos Angelo Jr.

casajunior@terra.com.br

Cesinha Chaves disse...

Olá Carlos. Realmente vc está certo: o Budismo de Nitiren Daishonin pode lhe ajudar a ser um homem e um marido melhor prá sua família e prá sociedade.
Na Ilha tenho o contato do Jurandir ou da Renata no 2465-3747.
Dá uma ligada e vê se podem lhe ajudar,
e me dê um retorno se conseguiu ou não, OK?
Grande abraço

Tania disse...

oi cezinha,sou fuckushi e adorei ver o seu espirito de procura de querer ajudar as pessoas,parabens concerteza vc esta adquirindo muita boa sorte atraves disso,e concerteza fazendo feliz a outras pessoas,pq essa é a nossa missão de levar a fecidade para todos...
(Tania duré)

wawa disse...

Estimado companheiro boa tarde!!!

Realmente vemos o quanto o budismo esta entrando na sociedade em geral.
Há algumas décadas atraz nosso mestre nem mesmo pode entrar no Brasil,e agora podemos ter o orgulho de dizer que ele ja foi presentiado com a maior honrraria Brasileira.
Ser discipulo é cumprir os sonhos do mestre e concerteza o sonho de Ikeda Sensei é difundir para toda a humanidade o Budismo.
É incrivel como hoje as pessoas procuram o budismo,como essa organização vem crescendo;
Gostei muito do seu blog.

Vamos sempre manter o contato, se tiver msn peço que me adicione.

wawa_sokaran@hotmail.com

Forte abraço companheiro;

kp disse...

pode ter dois goronzon consagrados na mesma casa? muitos dizem que sim que não se pode deixar o goronzon desconsagrado que é um desrespeito.
e outro veteranos dizem que não se pode aver dois goronzon na mesma casa que isso é uma ofença.

Cesinha Chaves disse...

KP, sugiro procurar seus dirigentes e se informar à respeito.

Anônimo disse...

Oi Cesinha,
Comecei a praticar o Daimoku e o Gongyo ha menos de um mes, e o seu blog esta me ajudando MUITO! Principalmente com o Cd que eu baixei e consigo repetir e falar os versos. Eu estou um pouco perdida no que e a pratica da manha e a da noite. No livrinho que eu baixei do seu site esta escrito que e manha. Onde eu encontro o livrinho da noite? Porque sao diferentes?
De qualquer forma Parabens pela iniciativa e obrigada pela ajuda!
Beijos
Vanessa
(vanessanigro@hotmail.com)

Cesinha Chaves disse...

Oi Vanessa, que legal que me achou!
Voce disse que começou a praticar o Daimoku e o Gongyo, começou sozinha ou já frequenta un bloco de estudos. Caso não frequente ainda, posso achar um perto de voce.
Quanto ao livro do Gongyo, observe que logo no começo, tem escrito "Somente no periodo da manhã". Nessa parte tem a oração da manhã, onde oramos para as funções protetoras. Na manhã temos 2 X o Daimoku Sancho (Nam-myoho-rengue-kyo 3x) a oração da manhã e mais uma vez daimoku Sancho e depois iniciamos o Gongyo. Na noite, não fazemos a oração para as funções protetoras e apenas fazemos 1 X o Daimoku Sancho antes de iniciar o Gongyo. A diferença é apenas essa.
No mais estou aqui para ajudar no que puder.

Anderson disse...

Amigo, estou com dificuldade para entrar em contato com a organização daqui de são paulo...
sou do Rio e moro recentemente no Jardim Santo André S.P próximo a São Mateus..., vc poderia me ajudar a achar uma contato de uma organização próxima??
acesse meu msn se tiver andinhotorj@hotmail.com
obrigado.

Lato disse...

Olá Bom dia.

Meu nome é Célia, gostaria de saber como proceder no caso do falecimento de um praticante.
Neste caso se refere ao minha irmã.
Ela sofreu um acidente de carro em 02/2010, fizemos o enterro e missa conforme a tradição catolica.
Acontece que ela era praticante do Budismo de Nitiren Daishonin.
Ela morava na Bahia, a casa dela foi vendida e trouxemos o oratório para a casa de meus pais aqui em SP.
Ela morava sozinha, tem dois filhos mas os filhos não praticam o budismo.
Gostaria de saber se meus pais precisam fazer alguma pratica diante do oratorio em beneficio da minha irmã.
muito obrigada.

Cesinha Chaves disse...

Célia tem uma prática para o 7º e 49º dia, mas seria melhor entrar em contato com a BSGI e expor o que aconteceu com a sua irmã e pedir para que eles realizem a cerimônia. Os tels são 011) 3274-1800 ou 0800 11-61 22.
Abraços e boa sorte!

Cesinha Chaves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tatah Araújo disse...

oi sou budista também e sou deSergipe adorei teu blog!
fiz um a pouco me segui aí desde já obrigada ;-)

Erica Agra disse...

Fui gerada, nasci e cresci no Budismo de Nitiren Daishonin e nada mais fantástico é ter um ensinamento que tem a ver essencialmente com a purificação.Estou plantando chakubuku na região da Vila Maria Alta e preciso do contato de um dirigente dessa região.
erika_agra@yahoo.com.br
Obrigado

Anônimo disse...

olá!
eu n sou budista, mas escolhi o budismo para fazer um trabalho.obs:achei o budismo muito interessante.
queria saber se vc pode me ajudar.
eu procuro na internete qual é a interferencia social da sociedade no budismo e n encontro. vc saberia me responder. obrigado.

email:elizasilva23@hotmail.com

Vera Lúcia disse...

Boa Noite Cezinha!
Parabéns pela iniciativa deste maravilhoso Blog sobre o Budismo de Sensei.Sou praticante a 22 anos, tive algumas recaidas,mas estou firme e forte com Sensei e meus companheiros na luta em prol do Kossen-rufu.Como Sensei fala,temos que ter criatividades, disposição e coração para propagar esse maravilhoso ensino.
E vc é um verdadeiro Bodhisattva que Sensei confia.Continue a sua luta aqui e por onde vc andar.
Parabéns mais uma vez.
Bjus
Essencia de Lua

Anônimo disse...

ola vc ja viu o video do sr° claudio martucci ( vice presidente da bsgi) é otimo ele fala sobre o kofu se vc consegui-lo poste o video no seu blog adoraria te-lo. bjs obrigado.
kellcr84@hotmail.com

Anônimo disse...

OLÁ, PORQUE UMA PESSOA É ESCOLHIDA COMO DIRIGENTE DE BLOCO QUAIS OS RE QUISITOS ELA DEVE TER

Cesinha Chaves disse...

Para ser dirigente de bloco há algumas condições a serem cumpridas:
1. DS/DF - mais de 1 anos de prática
DMJ/DFJ - ter pelo menos 15 anos de idade e mais de 6 meses se prática
2. Ser preferencialmente do 1º Grau
3. Ter realizado pelo menos uma conversão
4. Ser praticante do Kofu e assinante de impressos (BS ou TC)

Anônimo disse...

Cesinha!
Uma amiga me apresentou a prática do rescitar o Nam-Myoho-Rengue-Kyo diariamente, porém sinto necessidade de me engajar a um grupo de estudos, mas não conheço ninguém na zona sul do rio de janeiro que possa me apresentar a esta prática. Vc poderia me incicar uma pessoa para que eu pudesse contactar?
Desde já obrigada
Michele
michele.baruffaldi@gmail.com

Cesinha Chaves disse...

Olá Michele!
Realamente o caminho para se desenvolver no Budismo de Nitiren é pelos blocos de estudos. Onde na Zona Sul você está procurando por bloco? Me passe o bairro que procuro para você.
Abraço e boa sorte!

Anônimo disse...

olá
há tempos venho praticando o budismo indo a reuniões recitando daimoko fazendo estudos mas de ums meses prá ca me distanciei das reuniões por causa de alguns comportamentos que o meu orientador tinha e não consigo aceitar tentei compreender que todos somos falhos mas meu coração me diz para me afastar dessa pessoa como esta sempre nas reuniões eu evito oque devo fazer me ajude oriente-me como lidar com essa situação desde já muito obrigado

Cesinha Chaves disse...

Caro "Anônimo", já respondi algumas vezes a questões como essa sua - não concordar com alguns comportamentos do seu "orientador". As pessoas são humanas e passíveis de falhas todo o tempo, pois temos os 10 Estado da Vida, que flutam sepre. Não se deve é tomar a atitude de avestruz, e enfiar a cabeça na terra para não ter de lhe dar com a situação. Pelo contrário, se algo lhe atormenta, cabe a você fazer a transformação necessária para que possa conviver harmonicamente com a "situação". Não é isso que aprendemos no Budismo? Usar as adversidades como trampolim para a transformação através da revolução humana? Só se pode mudar o ambiente e o "outro" se houver uma mudança interna. Portanto, crie você o ambiente que lhe for necessário para que possa seguir em frente. Fugir não vai fazer o problema desaparecer.

Anônimo disse...

oi tenho gohonzon a 26 anos passei por varias religioes quero voltar a pratica da fe + nao encontro harmonia com meus antigos dirigentes oq faço ja estou fazendo daymoku em casa enfrente ao oratorio obgado pela atençao AJ

Cesinha Chaves disse...

Caro "Anônimo", se você não encontra harmonia com seus dirigentes, como diz, cabe a você transformar a situação, e não esperar que seus dirigentes mudem. Quando você muda, tudo muda. Budismo não é praticado só em frente ao oratório, mas a cada minuto de nossas vidas. Seu tom soa como uma lamentação, uma reclamação de que não consegue fazer algo por culpa de outras pessoas. Ora, quanto mais reclamamos e colocamos a culpa nos outros, mais tardamos a transformação de nosso carma. Se achar que a situação está muito difícil para que você contorne, experimente frequentar outro bloco. Mas vai ser a mesma coisa como, por exemplo, se você mudar de emprego por ter um patrão com que não se sente à vontade. Mudando de patrão, você em vez de enfrentar o seu carma, você apenas fugiu dele... mas pode ter certeza que ele volta a lhe alcançar. Portanto, chega de lamentar e transforme o veneno em remédio!

bruna disse...

olà meu nome è bruna tenho 26 anos sou de porto alegre rio grande do sul e sou budista des de nova e sempre pratiquei + de uns anos pra cà nunca + fui ...gostaria de voltar ... sera q vcs poderiam me informar de algum lugar em porto alegre que eu possa ir em reunioes e etc??? eu me lembro q tinha um kaikan aqui na zona norte + acho q agora nem deve + ter...
obrigada
obrigada :) brunanubling@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Cesinha,

Sou iniciante do Budismo e tenho muitas duvidas na realização do Gongyo e Daimoku, embora estou o realizando. Peguei um "roteiro" onde possui algumas orações silenciosas para repetir mentalmente, será que estão corretas? Se você puder me enviar um e-mail com um "roteiro" dessas praticas fico muito grato cristianoborges86@gmail.com

Também fico na dúvida sobre a iniciação ao budismo, sobre cerimonias e tal, você pode me ajudar?

E ah, parabéns pelo blog.

Obrigado.

Cris

Cesinha Chaves disse...

Cris
Aqui tem links para mp3 com a prática toda da manhã e da noite:
Gongyo e Daimoku da manhã http://m.podshow.com/media/22073/episodes/160117/budanaweb-160117-06-17-2009.mp3

Gongyo e Daimoku da noite http://m.podshow.com/media/22073/episodes/160122/budanaweb-160122-06-17-2009.mp3

Aqui tem o livrinho com o Gongyo, incluindo as orações silenciosas:
http://issuu.com/cexa/docs/liturgia_do_budismo_de_nitiren_daishonin

O ideal é você frequentar um bloco de estudos
pois sozinha vão surgir muitas dúvidas e vc terá veteranos para lhe orientar.
Me passe sua cidade, bairro, CEP e faixa etária que procuro alguém na sua área
para lhe conduzir para um bloco.
Aguardo seu contato.
Boa sorte, sempre!

Monique disse...

Eu conheci essa pratica por um livr on line que a personagem recitava e explicava me dispertou enteresse e essa sua explicaçao mais a fundo me interessei mt vou procurar um grupo proximo e recitei dois dias estou bem iniciante mas qro mt aprender e se possivel ajudar as pessoas com oq eu aprender vou praticar e com certeza passar a diante (chakubuku)vlw mesmo pela explicaçao rapida! um beijo!

Cesinha Chaves disse...

Ótimo Monique! É com esse espirito de busca que se vai longe! Procure por blocos de estudos na BSGI pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1800 ou no Rio (021) 2480-6300 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br.
Boa sorte!

Anônimo disse...

ADIANTA PRATICAR O BUDISMO SEM O GOHONSZON...?

MEU E-MAIL:
deymon-fox@bol.com.br

Cesinha Chaves disse...

Deymon, No início sim. Mas depois e de um tempo de prática com o Gohonzon vc tem mais "sintonia" com o universo pois vai estar orando "absorvendo" o estado de iluminação do Buda Nitiren e de todos os budas, inclusive o "seu" Buda. O Gohonzon é o "espelho" da sua vida e praticar diante dele só intensifica os resultados.

Anônimo disse...

No Budismo o que se acredita que acontece após a morte?

afro.black.power@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Segundo o budismo, a vida é eterna. Ela não acaba com a morte, ela se alterna entre um estado manifesto - a vida que vivemos, e o estado latente, que é a "não vida" ou a morte. São como uma onda que surge na superfície do mar e volta ao fundo do oceano.

Aqui no blog tem 3 boas matérias sobre o assunto:

Vida e Morte http://www.budanaweb.com/2009/02/vida-e-morte.html

A visão budista sobre a morte http://www.budanaweb.com/2009/02/vida-e-morte.html

A morte de cada dia http://www.budanaweb.com/2009/05/morte-de-cada-dia.html

nathaly disse...

Olá!!!Gostaria de dizer que eu adorei seu blog!!!Parabéns!Sou budista, me converti em 2008, sou muito feliz, mesmo com problemas!!!Já conquistei muitos beneficios, sei que estou no caminho correto e melhor: minha familia agora esta praticando e um por um estao se convertendo!!!Quero dizer novamente PARABENS pelo blog, com certeza vai trazer muita gente pra nossa familia SOKA!!!

Débora disse...

Olá, sou Débora de Mossoró e gostaria de saber: No Gongyo da Manhã fazemos a "Oração às funções protetoras do universo" quais são essas funções protetoras?

Cesinha Chaves disse...

Débora, são funções de suporte e de proteção à Lei, aos ensinos budistas e aos seus praticantes.
Tem uma matéria a respeito aqui no blog:
http://www.budanaweb.com/2010/04/funcoes-protetoras-do-universo-shoten.html

Juliana disse...

Olá Cesinha, estou iniciando o estudo de Mantras e acabei encontrando seu blog. O que preciso para iniciar o estudo ao Budismo e como pronunciar o Nam Myoho Rengue Kyo? Eu já pratico um outro Mantra (ZENGOLDABIL) e mudou muito minha vida. Gostaria de conselhos, pois fui promovida agora na empresa e preciso ser excelente na área de vendas. Preciso arrebentar, fiz um enorme investimento e preciso do retorno. Grande abraço! Vc é uma pessoa iluminada! juliana.almeida@tnt.com.
Ah! aonde tem grupos próximos a mim, moro em Bonsucesso - Rio de Janeiro, tenho 25 anos.

Cesinha Chaves disse...

Juliana, Budismo é Prática, Fé e Estudo.
Nam-myoho-rengue-kyo é mais que um simples mantra, é uma oração que aciona a nossa sintonia com a Lei Mística da Causa e Efeito, descoberta pelo Buda Sakyamuni e revelada pelo Buda Nitiren Daishonin. A Lei está presente em tudo e em todos e através da ativação do nosso Estado de Buda - a nossa energia vital, pelo Daimoku, que é a recitação do Nam-myoho-rengue-kyo, você vai limpando o seu carma negativo, gerando boa sorte e lhe trazendo sabedoria, benevolência e compaixão.
Vou procurar por um bloco de estudos perto de vc
e em breve lhe retorno com o contato de algum budista responsável da área.
Abraços e boa sorte!

Anônimo disse...

Achei muito bom o que está fazendo!!!
Insentivando pessoas, orientando, até fazendo chakubuko!!!
Desejo muita boa sorte a vc!!

Tenho 14 anos e nasci budista e sou responsável de bloco da dmj.

Anônimo disse...

Olá Cesinha, está de parabéns mesmo, como todos já disseram ... Li todas as perguntas e respostas e vc é muito esclarecedor em tudo. Sou uma praticante recente ( 3 meses ) e estou muito feliz, pois no último dia 01/01, fizemos a consagração do gohonzon em ksa, mora eu e meu filho de 9 anos ... minha vida já mudou muito e continuo recitando daimoku incessantemente e o gongyo ( faço até no onibus qdo saio atrasada para o trabalho de manhã rs ) agora meu próximo desafio, será 1 chakubuko neste ano ainda, pode me dar dicas ?
Te desejo toda boa sorte que o Universo reservou à vc ... parabéns novamente. fuletas@gmail.com
nam-myoho-rengue-kyo !!!

Cesinha Chaves disse...

Olá! Adorei em saber que está trilhando o Caminho do Meio recitando o Nam-myoho-rengue-kyo e já quer passar a Lei para frente através do Chakubuku.
Tem um ditado que diz "quando o discípulo está pronto, o mestre aparece."
Antes de iniciar a sua prática coloque como determinação que irá encontra uma pessoa para passar a Lei, ou então, se já tem um pessoa em mente, pense nela já fazendo Daimoku.
Não há um fórmula certa, apenas ter no coração
o desejo puro de propagar o Budismo de Nitiren Daishonin.
Boa sorte, em tudo!

Anônimo disse...

Olá Cesinha, a muito tempo busco uma filosofia de vida! Nunca fui ligada a religião alguma, somente na fé. Já tinha ouvido falar sobre o caminho do meio, mas nunca tinha pesquisado nada. Me deparei com seu Blog e realmente me chamou muito atenção! Sou leiga no assunto, mas dei o primeiro passo, encontrar algo q me faça feliz. Já estou com o "Kit de introdução", mas gostaria de saber se tem algum grupo de estudo em minha cidade (Niterói). luizapiano@gmail.com

Cesinha Chaves disse...

Que ótima notícia Luiza!
O seu perfil é muito parecido com o meu,
tb nunca fui ligado em religião, apenas na fé.
O Budismo de Nitiren é um caminho sensacional
que nos proporciona a verdadeira felicidade.
Estou lhe encaminhando via email os contatos em Niterói. Boa sorte e me mantenha informado, OK?

Anônimo disse...

Olá, me chamo Sayuri, não sou praticante de nenhuma religião, estava lendo sobre o Budismo de Nitiren e eu achei simplismente muito incentivador e interessante, eu queria saber um pouco mais porque sou totalmente aéria sobre esses assuntos de religião. O problema é que eu acabei de chegar no japão, faz uns 4 meses, e eu nao conheço ninguém que é praticante do budismo de nitiren e também nao falo o japones fluente. Mas realmente estou interessada!
shiwa.sayuri@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Sayuri, procure pela SGI - Soka Gakkai Internacional.
Com certeza encontrará contatos por aí!
Boa sorte!

Ana disse...

Gostaria de saber se tem algum lugar em porto alegre que eu possa ir em reunioes, eu sou da zona norte, se alguem puder me dar contatos dos locais que eu possa ir daqui!
muito obrigada

Bru... ninha disse...

Boa noite,
Parabéns pelo blog
Gostaria de saber grupo de estudo proximo da minha residencia São Paulo zona sul, Jardim Herdulano (Região Santo Amaro) Cep 04920020 me Chamo Bruna e participei de algumas reuniões no jabaquara mas é longo para mim.

Obrigada desde já e mais uma vez parabéns pelo Site .

Kosen-rufu para todos!

Anônimo disse...

Olá,


Estou praticando o daimoku há mais de 30 dias para trazer um rapaz que gosto muito de volta, mas ao contrário do que eu esperava ele se afastou mais.
eu já nem sei o que fazer.
Tem horas que estou tranquila, mas tem horas q bate uma tristeza, choro compulsivo.


g_botelhos@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Normalmente o Daimoku faz acontecer o que de melhor pode ocorrer. Tem vezes que achamos que um fator externo é o que precisamos par sermos felizes... mas a felicidade não está fora ou nem em nada ou ninguém além de dentro de nós próprios. Como não existe oração sem resposta, pode ser que essa seja a situação ideal para a sua vida. Dê uma lida nesse texto sobre felicidade e trie as suas próprias conclusões: http://www.budanaweb.com/2008/07/voc-feliz.html
Abraço e boa sorte, sempre!

Natália disse...

Oi Cezinha, boa tarde. Eu tenho lido algumas coisas a respeito do Budismo e estou curiosa. Gostaria de ir a uma reunião, conhecer mais. Moro em Ribeirão Preto-SP. Se puder me indicar se aqui há algum grupo, agradeço. Meu email é: natysouza@yahoo.com.br

Gisele disse...

Cesinha, boa noite
Estou adorando seu blog.
Parabéns pelo conteúdo. É muito agradável ler ensinamentos deixados com tanto carinho.
Desejo-lhe uma boa continuação.
Com carinho,
Gisele

JOÃO DANNEMANN disse...

Olá Cesinha, muito bom o seu blog, parabéns. Sou de Salvador, acabei de me converter, recebi o Gohonzon e sinto que um belo caminho se abre à minha frente.
Tudo de bom para você!
Abraço.

Cesinha Chaves disse...

Parabéns João! Com certeza é um novo caminho que se abre com a chance de poder batalhar pelo Kosen-rufu!
Abraço e boa sorte sempre!

Daniel disse...

Olá Cesar, gostaria que me desse uma orientação em como iniciar a prática do Budismo de Nitiren Daishonin, assim como me auxiliar a entender as doutrinas budistas. Grato pelo seu auxílio e seu blog é muito esclarecedor.

Cesinha Chaves disse...

Daniel, aqui no blog tem uma sessão especial para iniciar, é só clicar na flor de lótus acima na barra lateral da direita onde está escrito, POR ONDE COMEÇAR.
Me passe sua cidade, bairro e CEP que procuro por um grupo de estudos perto de vc para que comece a frequentar e se desenvolver na prática, fé e estudo do Budismo de Nitiren.
Aguardo seu contato.

grazizelos disse...

Olá Cesinha! começo te parabenizando pelo Blog, esta mto interessante..
COmeçei mha pratica em Brasilia 2002, dps me mudei pra Florianopolis 2004 onde praticava, mas nos ultimos 3 anos que morei na Italia me afastei completamente da pratica. Alias nunca fui mto assidua,..Agora estou em Goiania, e sinto mta necessidade de retomar meus estudos e a pratica, vc poderia me ajudar me encaminhando para um grupo aqui em Goiania? Tenho 32 anos, meu cep é 74070150, Te agradeço ja de coraçao!
Boa Sorte!
grazianeluz@gmail.com

veruska disse...

Ola cezinhna boa tarde
Nossa fiquei maravilhada com seu blog adorei tirei varias duvidas.Dia 27 de abril farei 1 ano de gohonzon pois conheço o budismo a 19 anos mas tinha preguiça de pratica lo minha mãe e meu irmão são praticantes a 19 anos meu irmão é um alto dirigente aki no Rio se chama Antonio Quintela.Tenho 36 anos e agora sim esses 1 ano minha vida tomou um rumo e estou feliz.Bom vim parabeniza lo pelo seu blog.AHH meu nome é veruska e meu email trindade-q@ig.com.br e veruska.q@hotmail.com um grande abraço

Cesinha Chaves disse...

Veruska, não tem como não ficar feliz com uma mensagem como a sua! Por favor, sinta-se em casa no BudaNaWeb e fique a vontade para o que precisar em relação a dúvidas, OK?

Anônimo disse...

Olá!
Sou uma praticante do Budismo de Nitiren Daishonin. Que bom ter encontrado o seu blog!

Cesinha,
É meu último ano na escola, e todo ano o professor coordenador sempre pede que nós façamos uma monografia. E eu escolhi o Budismo de Nitiren para ser tema.
Mas tem um probleminha, estou meia enrolada com o sumário de rascunho. Veja e dê sua opinião, é importante para mim.

1. A HISTÓRIA DO BUDISMO (O QUE É, SUA ORIGEM, SUA PROPAGAÇÃO, ETC)
2. TIPOS DE BUDISMO (ZEN BUDISMO/TIBETANO/ DHALAI LAMA/ MAHAYANA/ NICHIREN SHOSHU/ *NITIREN DAISHONIN* - bsgi)
3. O FOCO DO TEMA -> NITIREN DAISHONIN
4. PRESIDENTE IKEDA
5 OBJETIVO DA FILOSOFIA
6 CONCLUSÃO

Me fala, por favor!

meu e-mail é j_juu.sa@hotmail.com

Obrigada e Boa sorte!

Anônimo disse...

Esse e meu email eliasdatoic@hotmail.com

gostaria q vcs mandasse para meu email algumas coisas livros e etc.. E tbm queria saber como adquirir a revista 10.

Leticia disse...

Ola cesinha,eu e meu marido estamos começando a praticar o budismo ja faz 2 meses e graças ao Nam-myoho-rengue-kyo o que estava td dificil e sem solução na nossa vida começou a se acertar,ja existem praticantes na minha familia,minha mãe,meu pai,minha tia e meu tio que ja é dirigente,eles sempre nos falaram sobre o budismo e no maravilhoso beneficio do Daimoku,mas como td ser humano não escutava pelo bem mas tive que acreditar pela dor ainda bem que não foi tarde de mais para essa maravilhosa religião começar a fazer parte de nossas vidas,mes que vem ja estamos nos preparando para consagrar o gohonzon e assim nos aprofundarmos mais ainda nessa familia Nitiren Daishonin e do nosso presindente Ikeda.
Mas como todo principiante tenho minhas duvidas e queria que vc me esclarecesse o que significa bodhisattva?.
Muito obrigado eu adoro suar explicaçõe bjs .
Email:leticia_blakriver.lekka@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Olá Letícia! Fiquei muito contente com a sua mensagem! Budismo é prática, fé e estudo, assim a gente funda uma base para podermos crescer sempre.
Bodhisattva em tradução literal do sânscrito, "ser (sattva) de sabedoria (bodhi)". Há também a definição padrão de um ser iluminado que fez o voto de servir generosamente a todos os seres vivos com bondade amorosa e compaixão para aliviar sua dor e sofrimento e levá-los ao caminho da iluminação. Na verdade Bodhisattva somos cada um de nós que praticamos o Budismo de Nitiren Daishonin não apenas para nós, mas principalmente para levar a fonte da felicidade absoluta ao outro, que nada mais é que o próprio Nam-myoho-rengue-kyo!

Helison Souza disse...

Sou Budista porque foi nele que encontrei uma estrutura plana. Consigo ver como o budismo é uma pratica que so nos beneficia. É um bem maior que passo para todos que querem e que fazem parte do budismo. Pois sou muito grato pelos meus pais por terem me ensinado a praticar o Budismo.

Talita disse...

Olá Cesinha,

Sou praticante budista a dois meses. Estou super feliz com essa nova fase da minha vida. Me encontrei.
Participo da Comunidade Alto do Farol em Osasco/SP.
Essa semana eu criei o Blog Comunidade Alto do Farol para a minha comunidade onde poderemos agendar melhor nossos eventos e discussões. O nosso Blog é de uso restrito para assegurar as informações da comunidade.
O Buda na Web foi a minha fonte inspiradora!
Gostaria de saber se posso publicar alguns textos relacionados aos ensinamentos do Buda na Web em meu Blog, logicamente, respeitando a devida legislação de direitos autorais.
Você tem feito um trabalho maravilhoso e és uma pessoa iluminada.

Abraços,

Talita.

talitaserodio@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Olá Talita, claro que pude usar os textos no blog que você criou para a sua Comunidade. É só fazer como disse, sempre citar as fontes das matérias.
Boa sorte e parabéns pela iniciativa!

Beto disse...

Sou cético mas sinto que preciso de uma ajuda espiritual para conseguir fazer as coisas da vida. Tenho um dom de ver as coisas e prever o futuro, não sou espírita mas tenho dons chamados mediunicos ou paranormais. Sou agnóstico não acredito em Deus mas aceito a possibilidade de algo. Acho que o budismo é o mais certo para mim. minha dúvida é, seu eu seguir o Budismo eu vou perder meus dons de vidência?
obrigado

Cesinha Chaves disse...

Caro Beto se você tem dons de vidência como diz, por que não os usa para saber se o Budismo vai fazer com que perca ou não esses dons?
=)
A Lei da Simultaneidade da Causa e Efeito é mística e não mágica.
Como o Buda Nitiren Daishonin disse “Se deseja saber que causas foram feitas no passado, observe os resultados que se manifestam no presente. E se deseja saber que resultados serão manifestados no futuro, observe as causas que estão sendo feitas no presente.”
Experimente recitar o Nam-myoho-rengue-kyo e siga daí no caminho da prática, estudo e fé, que é o tripé do Budismo de Nitiren.

Leticia disse...

Ola cesinha gostaria de saber se tem gongyo para iniciante ? leticia_blakriver.lekka@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Letícia, o mais "lento" e "marcado" que tenho no blog é esse:
http://media.podshow.com/media/22073/episodes/160112/budanaweb-160112-06-17-2009_pshow_305636.mp3
O texto para acompanhar está aqui - http://issuu.com/cexa/docs/liturgia_do_budismo_de_nitiren_daishonin
Boa sorte!

Amanda disse...

Ola, Aki é Amanda, sou budista tambem. Adorei o blog. Gostaria de saber, no Budismo de Nitiren, quem criou o universo?

meu email. amandathaisperez@hotmail.com

ATÉ QUANDO VAI DOER? disse...

Olá...estou passando por um momento de dor insuportavel, estou perdida, me sinto só...peço que me ajude de alguma forma, por favor.
Agradeço seu carinho desde já
Valéria

Cesinha Chaves disse...

Valéria a melhor orientação creio ser fazer Daimoku para ter clareza e sabedoria para lidar com o momento.
Faça bastante Daimoku, focando na solução - nunca no problema.

Cesinha Chaves disse...

Amanda, para os budistas não existe uma criação no sentido da história bíblica. O universo se formou quando as condições necessárias se deram, baseadas na lei de causa e efeito inerente na própria natureza do universo. Da mesma forma como surge, desaparece. Mas não há uma causa original, como não há um final. O universo é infinito, sem limites de tempo e espaço. “O universo em si mesmo é um ser vital que contém o potencial da vida que desenvolve-se de diferentes formas; é, portanto, definido como a entidade de vida mais grandiosa”. Fonte: Greg Martin, Living Buddhism, edição de julho de 2004

cris_oliveira@hotmail.com disse...

Olá,em primeiro lugar gostaria de parabenizá-lo pela forte e corajosa iniciativa de levar seus conhecimentos aos praticantes. Me converti há 2 meses e recebi três benefícios:Sai da depressão e pânico e dois resultados de exames do meu irmão e meu neto foram perfeitos. Tenho que grupo maravilhoso na cidade onde moro, tenho tempo e me dedico assiduamente as reuniões, estudos, daimoku da vitória as segundas-feiras, enfim, desde que comecei só me trouxe alegria. Agora, vou cuidar de mim pois um relacionamento de quase 20 anos parece queo se afastou depois da ´prática. Na minha concepção e pelas leituras naõ encontrei nada que me convencesse de que esse afastamento é algo normal.Pois quando sento diante do Gonhozon eu determino a minha felicidade com ele, pois acredito que não é um afastamento e sim uma transformação para melhor pois a minha fé,convicção,amor e o meu Daimoku são mais fortes e invencíveis.Eu vou transpor essa muralha através da minha fé. Aí sim eu serei realmente feliz com ele como nunca fomos pois nos temos uma estória e eu acredito que a minha fé, convicção e o Daimoku pode mudar qualquer situação. Vc acha que eu estou mascando uma situação ou devo fazer o contrário para esquece-lo?

Cesinha Chaves disse...

Cara Cris, primeiramente, parabéns pelas vitórias e dedicação!!! Quanto a sua questão ao relacionamento de 20 anos, não há oração sem resposta... mesmo que essa resposta seja não! As vezes focamos numa "felicidade" que projetamos junto com o "outro" e pode beirar o egoismo, tipo "eu vou ser feliz cim ele", sem saber se isso é o que o outro deseja e/ou se é o melhor para os dois. Sugiro vc lançar essa questão para o Gohonzon e ficar ligada nos sinais fa Lei em ação. Grande abraço e boa sorte!

Anônimo disse...

Olá Cezinha, boa tarde;
Encontrei este blog e como sou nova na prática do budismo ainda tenho várias dúvidas à respeito,já recebi meu Gohozon mas tenho vergonha de fazer esta pergunta aos dirigentes pessoalmente.
Na visão budista,como se explica a criação do Universo? No cristianismo existe um deus criador,mas no budismo não sei como se deu o inicio dos tempos.
meu e-mail é: meireferro@gmail.com
Desde já eu agradeço a sua ajuda

Cesinha Chaves disse...

Cara Meire, não ter vergonha de nada em relação a querer saber mais sobre budismo!
Segundo o budismo a vida é eterna, sem começo e fim, com acontecimentos cíclicos. É o princípio chamada Kuon Ganjo (no BS 2083 tem uma explanação a respeito).
No site as belas histórias budistas tem uma excelente matéria do Gegg Martin sobre o assunto:
http://www.maisbelashistoriasbudistas.com/iniciouniverso.htm.
Boa sorte!

Anônimo disse...

Sou messianica e gostai de saber se posso ser tbm budista?

Cesinha Chaves disse...

Cara "messianica" por favor dê uma lida nessa matéria sobre as diferenças entre religiões Teístas e Salvíficas:
http://www.budanaweb.com/2009/02/budismo-e-cristianismo.html
e nessa outra sobre Buda e Deus:
http://www.bsgi.org.br/filosofia_deus.htm

Anônimo disse...

cabou que vc não respondeu,li o q me pediu ma quero sua respota sendo Messianica posso ser budista?

Cesinha Chaves disse...

No Budismo não se crê na figura de "deus" criador, como o da Igreja Messianica. Por isso lhe passei os links dos textos sobre o assunto. Portanto ou você segue uma religião Teísta, com um "deus" criador, ou segue uma Salfívica, como o Budismo, onde o homem é o seu próprio salvador, baseando-se na Lei Mística da Causa e Efeito.

Anônimo disse...

ha convite fui as renioes egostei passei a praticar ate3 horas de damoku mas as coisas pioraram muito sera porque entao parei me responda porfavor obrigada adriana

Cesinha Chaves disse...

Adriana, na verdade quando se mexe com o carma passado isso pode ocorrer, varia de pessoa para pessoa - devido ao carma de cada um. Numa analogia é como abrir uma torneira que ficou fechada por muitos anos. Dependendo de cada casa, se a torneira ficar fechada por muito tempo, é normal vir alguma sujeira quando abri-la depois de um bom período fechada. De acordo com a fonte da água, tubulação, tempo e outros fatores a água irá sair mais ou menos suja. Assim é com o carma de cada um. Nunca sabemos quanto tempo tivemos com a nossa "torneira" fechada e qual é a nossa "fonte" de água.

Anônimo disse...

Olá li varios esclarecimentos e orientações que você envia as pessoas, gostei bastante.
Eu sou praticante do budismo nitirem a 25 anos, você é de qual seite?
pratica a quanto tempo?

Abraços Alessandro

Cesinha Chaves disse...

Alessandro, fiz 3 anos dee Gohonzon em maio de 2011. Fazia parte da Comunidade do Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, RJ, de onde era Hantyo do Bloco Lagoa. Recentemente me mudei para a Freguesia e estou começando a atuar por aqui agora.
Grande abraço e grato por tudo.

Anônimo disse...

Porque temos que fazer o gongyo antes do meio dia e antes da meia noite. É verdade se eu fizer o gongyo depois do meio dia ele será considerado como gongyo da noite, fico meio confusa nessa questão. Meu email é re.esteticista@ig.com.br
Obrigada
Regiane

Cesinha Chaves disse...

Regiane o Gongyo deve ser feito antes do meio dia,
pois é na parte da manhã que determinamos as vitórias do dia.
Fazer o Gongyo com o dia já começado é "dar sorte ao azar"!
Mas como não há proibições de forma alguma no Budismo use do bom censo, sempre tendo a Lei Mística como guia.

Anônimo disse...

Muito obrigada Cesinha pela resposta, pois ninguém me explicou desta forma, apenas falavam que tinha q ser assim e pronto.
Abraços
Regiane

Anônimo disse...

Tenho interesse em tornar-me budista,mas em minha cidade não conheço ninguem para dar-me informações nem há templos ou centros de reuniões.Qual o primeiro passo,o que devo fazer para praticar corretamente o budismo? felipesantos_mgn@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Caro Felipe, Olá!
Fico contente com a sua mensagem demostrando o seu espírito de procura.
O Budismo de Nitiren Daishonin é passado de coração para coração.
A BSGI conta com grupos de estudos em casas de budistas veteranos onde se aprende e vive o Budismo de Nitiren.
Você pode entrar em contato direto com a BSGI pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1800 ou no Rio (021) 2480-6300 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br perguntando sobre blocos de estudos na sua localidade. Caso não consiga, me envie a sua cidade, bairro, cep e faixa etária
que tento localizar um bloco de estudos perto de você.
Boa sorte!

Paulo Viana disse...

Ola!
pratico o Budismo a 3 anos, seu responsável da DJM do meu bloco, tive a boa sorte de participar do Capri esse ano, sou muito feliz por praticar esse ensino, e hj ao ler esses comentários renovei a minha decisão de propagar o Budismo e Fazer muitos Chakubuku, muito obrigado a todos... Paulo Henrique Santarem - PA

Cesinha Chaves disse...

Paulo, comentários como esse seu são um verdadeiro combustível para proseguir com firmeza nessa estrada!!!
Grato!

Anônimo disse...

cesinha meu nome e ana leone, pratico o budismo provisorio a um ano, mas ainda nao recebi o gor pois moro com minha mae e ele e catolica roxa, estou horando muito para q eu consiga fazer minha casa ai sim eu vou receber. ai e tao dificil fazer as coisas escondidas, parece q sou criminosa,nao consigo nem ir em uma reuniao, uma vez eu fui e os membros queriam ir em casa, ai eu tive q esplicar aminha situação. adoro ler suas materias , atravez das orações eu conq minha moto,meu serviço, esei q nao para por ai, teno fe mesmo as vezes triste sei q vou ser muito feliz q vai aparecer alguem q me ame e me faça feliz, bjos felicidades.

Anônimo disse...

AMIGAO SOU DE SAO PAULO E ORATICO EM CASA DESTE 95 O BUDISMO,FREQUENTEI POUCAS VEZES REUNIOES ,MAS TIVE BONS RESULTADOS NA PRATICA QUE AINDA FAÇO O NAM MYOHO RENGUE KYO,MAS AS VEZES FICO COM MEDO DE COISAS ESTRANHAS QUE ME ACONTECE AI PARO DE ORAR ,PORQUE SERA MANDA RESPOSTA PRO MEU MAIL DISTAL_DENTAL@YAHOO.COM.BR.O TETALHE MINHA IRMA VIA EU FAZENDO ,E DEPOIS ELA VIRROU PRATICANTE E TEM ATE O GOHONZON.E EU AIINDA DESTE JEITOI .O QUE SERA QUE AC=ONTECE .ME DA UMA ALUZ AI.

Cesinha Chaves disse...

Não tem como eu lhe dizer o que acontece com vc quando vc ora! Cada pessoa tem um carma próprio.
Budismo é estudo, prática e fé, se falhar em um ponto desses, não vai conseguir evoluir direito.
Recomendo frequentar as reuniões e assinar os impressos para poder ter acesso ao estudo e a outras pessoas que podem lhe ajudar com exemplo de vida.
Abração e boa sorte!

Anônimo disse...

boa tarde!nunca frequentei uma reuniao budista, porem ja li e conversei com algumas pessoas sobre o assunto. e sempre me interessei pelo estudo.. pelo aprofundamento digamos. sou catolico,porem sao raras as vezes que frequento a igreja. meio que nao concordo ou estranho algumas coisas dentro da religiao. concordo muito com isso de "causa e efeito" queria saber como estudar.. seguir.. aprender mais sobre os ensinamentos budistas. sou de sao bernado do campo. deixo meu email. se souber de alguma comunidade,templo, ou tiver alguma sugestao para um inicante... agradeço!!seja qual for sua resposta agradeço desde ja! abraços!dandy wdsmoreira@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Caro Moreira, o caminho é começar a frequentar reuniões em um dos blocos de estudos, que acontecem em casas de budistas veteranos. Perto da sua casa deve ter um! Por favor entre em contato direto com a BSGI procurando por um bloco de estudos, pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1800 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br.
Caso não consiga, me envie a sua cidade, bairro, cep,
que entro em contato com BSGI para localizar um bloco de estudos perto de você.
Grande abraço!

Anônimo disse...

olá...gostaria de saber se eu determinar e recitar o daymoko, eu consigo reatar um relaciomamento.eu praticoprara minha felicidade, mas gostaria q fosse com ele.

Cesinha Chaves disse...

Pergunte-se se a sua felicidade depende dele, e se a felicidade dele passa por você.

Patricia disse...

Boa tarde!
Ouvi muito falar sobre o budismo nitiren de amiga que pratica, estou passando por muitas dificuldades e me senti muito melhor com a pratica do daimoku, mas gostaria de apronfundar meus conhecimentos, moro na zona norte de São Paulo, Jd Peri, cep: 02679080, e-mail: patyribei@hotmail.com. Meu nome é Patricia, tenho 29 anos e sou casada.

Cesinha Chaves disse...

Olá Patrícia!
Realmente o melhor caminho é começar a frequentar um dos blocos de estudos, que acontecem em casas de budistas veteranos. Perto da sua casa deve ter um! Por favor entre em contato direto com a BSGI procurando por um bloco de estudos, pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1800 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br.
Caso não consiga, me avise que entro em contato com BSGI para localizar um bloco de estudos perto de você.

Anônimo disse...

fui convertida e recebi Gohonzon em 1987, hoje encontro-me afastada da pratica e da organização por varios motivos. Meu gohonzon encontra-se enrolado e minha vida mais ainda. preciso de incentivos para retomada da pratica.CN

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 243   Recentes› Mais recentes»