quarta-feira, 22 de julho de 2009

Amy Winehouse torna-se Budista!


Hoje quero dividir com vocês um link que recebi pelo Twitter da @sandaarai, uma budista de São Paulo. A notícia, que reproduzo aqui, foi escrita por Fabrício Pessoa, e vem do blog http://conspirar.wordpress.com/.
O ano de 2008 parece terminar deixando perspectivas de muitas transformações nas vidas das pessoas (comigo inclusive!!!), o que é ótimo, afinal mudanças sempre são boas (inclusive as negativas, acredite)!!!
E é o que está justamente acontecendo com a cantora Amy Winehouse (que eu gosto muito!).
Pra quem não percebeu, ela começou o ano ameaçando se matar por causa da prisão do marido, brigava com a imprensa e com fãs e seguia cada vez mais fundo na sua dependência de álcool e drogas.
Pois bem… já perceberam o quanto ela mudou recentemente?
Não?
Bom, pra você ter uma idéia ela se separou do marido, tem uma relação bem melhor com a imprensa (ao ponto de entregar sanduíches para paparazzis na porta de sua casa mês passado, e pousar para os mesmos no Caribe essa semana), e parece estar lidando melhor com os vícios.
Essa mudança positiva parece ter uma razão: a decisão de Amy de praticar o Budismo.

Incentivada pelo guitarrista de sua banda, que é membro da organização Soka Gakkai, Amy tem aprendido diversos preceitos budistas – dentre os quais a recitação do mantra “Nam Myoho Renge Kyo” – e ao que parece eles tem ajudado mesmo a artista a dar a volta por cima na sua carreira.
Enfim, 2009 poderá ser um grande ano para Amy, e quem mais sai ganhando com isso – além dela mesma – são todos os seus fãs e todos os fãs da boa música.

13 comentários:

Anônimo disse...

Amigo Cesinha tive a Boa Sorte de ler no seu site a transformação de Amy Whinehouse ,pois apesar de saber o ela estava passando,recebi um email mostrando o sua transformação de uma pessoa normal fazendo sucesso, para esse estado de infelicidade.O email dizia para mostrar para os filhos e amigos como exemplo negativo,mas não tive coragem pois gosto de seu etilo de cantar mas as letras já mostravm seu estado de sofrimento.Vou somar no meu Daimoku um pensamento positivo para o sucesso de sua transformação.

Marli disse...

Boa Noite Cesinha!! Essa matéria me deixou muito feliz,pois gosto muito da Amy,e amo suas músicas..é isso ai Revolução Humana!! Nam-Myoho-Rengue-Kyo

Luciano disse...

Bem, parabens para ela. Que boa sorte encontra o Budismo de NDnessa existencia e da maneira que se encontrava sua vida. Oro por Amy desde que soube dessa feliz noticia. acredito que ela tem um potencial fantastico na voz, já pensou num Gongyo conduzido pela mulher!!!! fantastica noticia!!!

Anônimo disse...

Olá Cesinha, será que é um desrespeito tatuar o Nam-myoho-Rengue-kyo no meu corpo? Quero muito fazer, mas não sei se é permitido. Agradeço a atenção. Forte abraço!

Cesinha Chaves disse...

Não é algo louvável de se fazer, tatuar o Nam myoho rengue kyo, assim como não se deve fotografar o Gohonzon. São atos que banalizam a Lei Mística da Causa e Efeito. Faça algo relacionado a Lotus que é o Rengue, a flor com a semente e o fruto ao mesmo tempo, simbolo da causa e efeito. Ou então um Sol de Lotus, que é o que quer dizer Nitiren.

Anônimo disse...

Cesinha, muito obrigado.Então irei fazer algum desses desenhos. agradeço sua atenção. Meu nome é Laexandre, sou de Porto Alegre

Wagner disse...

Fala Cesinha...Legal saber q. vc é budista assim como eu, ando de skate há muito tempo portanto acompanho seus trabalhos mais essa pra mim foi novas..rs..Dahora!
Ass: Dablyo
Twitter
@Dablyo

ingrid greiner disse...

Santa Luzia 29 de setembro de 2010
que noticia espetacular minha cantora preferida também pratica o budismo, quão especial se torna alguém que compartilha o daimoku e muda suas atitudes!! Feliz pela amy e por todos nós praticantes do budismo de nitiren
um abraço
ingrid greiner

Alexandre disse...

E teve esse lamentável fim???

Cesinha Chaves disse...

Alexandre, no Budismo não há milagres, é tudo causa e efeito. Amy tinha um carma negativo muito forte. Mesmo assim ela ainda conseguiu algumas grandes transformações nessa vida. Ela começou o ano ameaçando se matar por causa da prisão do marido, brigava com a imprensa e com fãs e seguia cada vez mais fundo na sua dependência de álcool e drogas. Mas ela mudou, pelo menos um pouco. Se separou do marido, e passou a ter uma relação bem melhor com a imprensa - serviu até sanduíches para paparazzis na porta de sua casa no mês passado, e chegou até posa para fotos com os mesmos no Caribe essa semana). Isso tudo são mudanças devido a ela ter recitado o Nam-myoho-rengue-kyo, mas nem sempre é possível se erradicar o carma numa só vida!
Vamos oferecer nossas orações a Amy Winehouse, para que ela atinja o estado de Buda na sua próxima existência e consiga recitar novamente o Daimoku!
É como disse Nitiren; "Sofra o que tiver que sofrer, desfrute o que tiver de ser desfrutado, considere tanto o sofrimento como a alegria como fatos da vida, e continue orando o Nam-myoho-rengue-kyo, não obstante o que aconteça."
Grande abraço e boa sorte, sempre!

Cesinha Chaves disse...

Reproduzo aqui uma notícia sobre a morte da Amy Winehouse. Quem olhar com olhos de Budista, vai facilmente ver a Lei Mítica em ação na vida dela!!!
"Mitch Winehouse divulgou um comunicado, logo após o funeral de Amy Winehouse, nesta terça-feira (26) em que fala da filha, encontrada morta no último sábado (23). Ele conta que, antes da morte repentina, ela estava "feliz como não ficava há anos".

SAIBA TUDO SOBRE A MORTE DE AMY WINEHOUSE

De acordo com o site "E!", que divulgou os trechos do comunicado, Mitch afirma que ela teve uma "recuperação fantástica", e que boa parte dessa felicidade se deve ao último namorado, Reg Traviss.

"Amy foi a maior filha, membro da família e amiga que você jamais poderia ter. Recentemente, Amy encontrou o amor com Reg. Ele a ajudou com seus problemas e ela estava ansiosa para o seu futuro juntos. Ela estava feliz como não ficava há anos".

O pai disse que "a voz dela era boa, sua inteligência e timing eram perfeitos". E narrou como estava a relação dos dois. "A última vez que ela me chamou, havia encontrado uma caixa de fotografias antigas de família e me chamou para ir para olhar. Nos falavamos três vezes por dia, pelo menos, ela estava muito animada".

ESCUTE AGORA A RÁDIO ESPECIAL COM SUCESSOS DE AMY WINEHOUSE
Drogas
Mitch também falou sobre a luta da filha contra as drogas, observando que, "há três anos, Amy venceu sua dependência das drogas. Os médicos disseram que era impossível, mas ela realmente fez isso". Ele acrescentou que atualmente ela lutava contra o álcool, mas estava fazendo grandes progressos também.

"Ela estava se esforçando para parar de beber e tinha acabado de completar três semanas de abstinência. Amy disse: 'Pai, para mim é suficiente, não suporto mais ver esse olhar no seu rosto e no da família'".

Mitch narrou as horas que antecederam a morte. "Ela não estava deprimida", garante. "Amy viu [a mãe] Janis e Reg na sexta-feira (22) e estava de bom humor. Naquela noite, ela estava em seu quarto, tocando bateria e cantando. Como já era tarde, seu segurança disser para ela ficar quieta e Amy obedeceu. Ele a ouviu caminhar por um tempo e quando foi ver como ela estava na parte da manhã, pensou que estivesse dormindo. Ele voltou algumas horas mais tarde, quando percebeu que ela não estava respirando e pediu ajuda".

Ele contou como buscou conforto. "Saber que ela não estava deprimida, que ela faleceu feliz, nos faz sentir melhor." E detalhou os planos para o futuro: montar uma fundação com o nome da filha, para ajudar àqueles que lutam contra os mesmos problemas da cantora.

"Eu estava em Nova York com o meu primo Michael quando recebi a notícia (da morte) e imediatamente disse que queria uma Fundação Amy Winehouse, alguma coisa para ajudar as coisas que ela amava, crianças, cavalos, mas também os que lutam contra o abuso de substâncias.""

Anônimo disse...

olá prazer imenso em lhe enviar esta mensagem. Gostaria de saber se ao pronunciar Nam-myoho-rengue-kyo posso faze-lo andando pela rua, na fila do banco,etc.Obrigada

Cesinha Chaves disse...

Pode recitar enquanto dirige, toma banho ou caminha, isso serve para acumular boa sorte. Mas transformação de carma para ser eficaz deve ser através da prática do Daimoku diante do Gohonzon, que é o objeto de observação da mente deixado por Daishonin para toda a humanidade.
Quem ainda não tem o seu Gohonzon, deve fazer o Daimoku com o sentimento de querer alcança-lo e te-lo em sua casa, para poder cada vez mais aumentar a sua sintonia com a Lei Mistica. O ideal é fazer parte de um bloco de estudos promovido pela BSGI. Posso procurar um bloco para vc, é só me passar cidade, bairro e CEP.