terça-feira, 28 de julho de 2009

Para que serve a filosofia de Nichien Daishonin?

O post de hoje, um Editorial do jornal BS, de 26/07/1997, explica muito bem para que serve a filosofia de Nichiren Daishonin.


"Muitos conhecem indivíduos que não praticam a filosofia de Nichiren Daishonin e, no entanto, são pessoas vitoriosas e que alcançaram grande sucesso na vida.
De uma forma geral, basta um pouco de dedicação profissional para, ao longo dos anos, conseguir uma carreira de sucesso.
No caso dos estudantes, basta um pouco de empenho nos estudos para ter uma boa base escolar e, no tempo adequado, conseguir uma vaga em uma universidade.
Venhamos e convenhamos: Em todos os campos de atividade, basta um pouco de bom senso, dedicação, honestidade e sinceridade para alguém ser vitorioso na vida. O próprio presidente Ikeda, em seus discursos, cita vários exemplos de personalidades que realizaram obras grandiosas na história e jamais conheceram a filosofia de Nichiren Daishonin.


Para que ela serve então?
Na realidade, este seria um tema de editorial a ser abordado de forma mais ampla, além das limitações deste espaço. No entanto, como alguns já questionaram esse assunto, aqui vão três pontos para reflexão:
Em primeiro lugar, a filosofia de Nichiren Daishonin objetiva atuar num nível mais profundo da vida, proporcionando a revolução humana de cada pessoa, fazendo com que ela transforme seu carma negativo ( e para isso não basta apenas bom senso) e possibilitando que manifeste sua fé em todas as instâncias da vida, de tal forma que seu trabalho passa a ser um campo de manifestação de sua fé, assim como sua vida familiar, sua vida escolar e assim por diante.
Em segundo lugar, muitos confundem a prática dessa filosofia com conquistar objetivos efêmeros e muito deles materiais, como fortuna e posição social. Esquecem-se que tais objetos são apenas meios de se comprovar a validade dessa filosofia e não fins em si. Os objetivos dessa prática, na verdade, não se restringem a uma determinada existência, mas visam as três existências do passado, presente e futuro.
Em terceiro lugar, praticar a filosofia de Nichiren Daishonin é estar consciente de sua missão como Bodhisattva da Terra, ou seja, estar consciente de sua missão de propagar um ideal humanístico, de amenizar o sofrimento das pessoas e de construir um mundo pacífico. E para tanto, são de fundamental importância as atividades realizadas na organização, pois eles são o campo de atuação dos Bodhisattvas da Terra.
Praticar essa filosofia é algo muito mais profundo do que normalmente imaginamos."
Fonte: BS n.º 1423 de 26/06/97 Seleção do Texto: Doralice e Paulo Bruno – 08/08/97. Han Lagoa Mar, da BSGI.

Nenhum comentário: