quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Como fazer um bom Gongyo e Daimoku


"1) Primeiro de tudo, antes de começar a orar: RELAXE, LIMPE SEU CORAÇÃO.
Porém, especialmente: LIMPE SUA MENTE, SUA CABEÇA. É importante ser muito natural.
2) Segundo, quando recitar daimoku você realmente precisa usar os olhos.
3) Concentre-se no Gohonzon.
4) Então escute a sua voz.
5) Concentre-se na parte central do Gohonzon: "Myoho" = místico.
Você tem que usar seus olhos. Isto é extremamente importante.
Quando você usa seus olhos sua mente pára. Limpe sua mente concentrando-se com seus olhos. Deixe que seus pensamentos descansem, usando seus olhos.
Quando você está ocupado pensando o tempo todo, sua mente está absorvendo energia. Isto significa que sua mente está se fortalecendo, porém a essência de sua vida não está mudando porque a energia não está sendo dirigida para ela.
O que você deve fazer é olhar para o Gohonzon com poder e deixar que sua mente relaxe... O Gohonzon de sua vida já sabe de sua preocupação e desejos.
6) Mantenha tudo em seu coração. Somente invoque daimoku com seus olhos fixos no Gohonzon.
Então, o Nam-Myoho-Renge-Kyo se sintonizará com a essência de sua vida.
Nam-Myoho-Renge-Kyo derreterá e dissolverá o carma. Se transformará em fortaleza para que você possa ser suficientemente forte e tenha claridade metal para realizar seus desejos.
7) Dessa forma, você deverá desfrutar do ato de recitar daimoku porque você está sentindo, percebendo a essência de sua vida. Você estará se fundindo com o potencial mais levado de sua vida – representado pelo Gohonzon - sua natureza de Buda.
8) Quando você está pensando em estratégia você não estará elevando seu estado de vida.
Imaginação positiva é uma coisa mas estratégias não o são.
9) Quer dizer se você está tratando de imaginar COMO ou DE QUE FORMA, não vai realizar seus desejos, você estará utilizando de estratégias.
O correto é imaginar seus desejos JÁ REALIZADOS...
10) As orações devem vir do coração!
11) O Gohonzon (nossa própria vida) conhece nossos desejos e preocupações.
Mantenha seus desejos e preocupações em seu coração, concentre-se no Gohonzon e simplesmente recite daimoku.
12) Se você puder simplesmente fazer um daimoku e um bom Gongyo, o Nam-Myoho-Renge-Kyo se fortalecerá, se aprofundará, se expandirá, dissolverá o carma difícil e desenvolverá resultados positivos.
13) Portanto, o daimoku deverá vir da essência de nossa vida.
Quando você cerra seus olhos e evita olhar para o Gohonzon, o poder para fusionar o centro de sua vida com o Gohonzon se debilita e a mente "joga" com você.
Recitemos o daimoku claramente, confortavelmente, confiantemente.
Não leia enquanto recita daimoku! Não faça nada enquanto recita daimoku! Apenas recite daimoku!
Quando você ler, LEIA. Quando recitar daimoku, RECITE DAIMOKU.
Depois de um bom daimoku, você pode ler, ou sua agenda pessoal pode requerer que você saia rapidamente para trabalhar, ou fazer as coisas que necessita.
14) Você pode ter uma vida muito ocupada, mas tenha um daimoku ocupado!
Não esteja ocupado enquanto recitar daimoku – CONCENTRE-SE!
15) Por meio de um daimoku concentrado, pode-se derreter qualquer tipo de carma negativo.
Recite daimoku; é o momento de cultivar nossa vida, não de pensar acerca de estratégias para solucionar nossos problemas. Recitar daimoku é o momento de enriquecer nossa natureza de Buda e quando enriquecermos nossa natureza de Buda também enriqueceremos nossa sabedoria para saber resolver nossos problemas.
Em minha mente: Imaginação positiva. Em meu coração: Oração profunda. Em minha boca: Daimoku claro."

(Orientação de Ted Morino – SGI – USA – Vice Diretor). Contribuição Fátima Cyrilo

40 comentários:

rasputim disse...

queria me fortalecer mais na pratica. me aconselhe por imail rasputymtininho@gmail.com

Dany disse...

Olá, tenho lido muitas coisas sobre o Budismo, e gostaria realmente de participar de reuniões para me aprofundar mais, vc pode me ajudar??
Meu e-mail é danny.fb@gmail.com

Daniela Frota

Cesinha Chaves disse...

Olá Dany! Claro que posso ajudar! Para achar um bloco de estudos perto de vc, me passe sua cidade, bairro, cep e faixa etária, que procuro para você, OK?
Abraço e boa sorte, em tudo!

Dany disse...

Oi..então moro em São paulo no Itaim Paulista, o cep é 08121-600, tenho 29 anos.

Valeu

juliana disse...

Parabens!!Seu blog respondeu todas as minhas perguntas, sem faltar uma. Conheci o budismo quando era bem novinha e hoje com quase 31 anos o reencontrei. Bela experiencia. Seu trabalho e perfeito! Congratulations!
Nam-Myoho-Rengue-Kyo

Lari'Lissa Aisha disse...

blog perfeito
=*
ameiii
Larissa

Anônimo disse...

EXCELENTE!

Dany disse...

Valeu Cesinha, vc não teria o e-mail dela???
Agradeço sua atenção...
e estou acompanhando sempre seu blog.

Beijoss

Cesinha Chaves disse...

Dany, só telefone mesmo.
Boa sorte.

Anônimo disse...

Meu nome é Tatiana, só queria parabenizá-lo pelo site, gostei muito, tb sou budista. Obrigada pela contribuição. tatiprado12@hotmail.com

Priscila disse...

Boa noite Cesinha. Conheci o budismo através do meu namorado, ainda estou aprendendo, estudando sozinha, e quando posso, vou a algumas reuniões com ele. Só que ele mora um pouco longe de mim e acabo ficando "dependente" dele para isso. Você poderia me indicar onde tem reuniões perto de onde eu moro? Me chamo Priscila, tenho 24 anos e moro no Rio de Janeiro, bairro Recreio, cep 22795-255. Meu e-mail é symphony.p@gmail.com. Desde já obrigada!

Cesinha Chaves disse...

Oi Priscila
as reuniões da minha comunidade são no início da Barra às 2as e 5as, caso dê para você, me retorna que lhe passo os endereços. Independente disso vou lhe passar por email o contato de uma veterana que mora no Recreio e pode certamente lhe ajudar em achar um grupo por aí.
Bjk e boa sorte!

Anônimo disse...

muito bom Cesinha!, poderia me orientar um bloco de estudos em Ipanema ou Copacabana para a minha mae?,ela gostaria de de participar das reuniões ai no Brasil
Eu sou da SGI aki da Australia Perth,

Elizabeth, 56
Ipanema 22081-030
Rio de Janeiro

Se quiser entrar em contato meu email e: thiagosct@gmail.com

Abraço

Thiago

Cesinha Chaves disse...

Olá Thiago
lhe repasso o contato da Cris que atua em Copacabana e Ipanema: rica.causa.efeito@hotmail.com e/ou imoveis.altopadrao@hotmail.com
Pede para a sua mãe procura-la que ela com certeza vai pode ajudar.
Grande abraço e boa sorte!

Anônimo disse...

Lembro que na primeira vez que participei de uma reunião, quando sai de lá minha alma estava leve, como se eu tivesse acabado de sair de um banho de sais... minha mãe teve a mesma sensação. Não esqueço mais desse dia, do dia que conheci o Budismo de ND.

Juliane.

Anônimo disse...

Olá, Parabens gostei muito do blog!
Eu to praticando o budismo nao faz muito tempo.. eu gostaria muito de verdade, de ter o gohonzon em casa, tem tempo para ganhar ele..?? pode me falar mais sobre isso?

Cesinha Chaves disse...

Caro "anônimo", para vc alcançar o seu Gohonzon pela BSGI, vc deve frequentar um bloco de estudos e lá se desenvolver na prática, estudo e fé. É necessário algum tempo de prática, saber bem os princípios básicos do Budismo Nitiren, saber recitar o Gongyo além de passar por uma entrevista com dirigentes, para darem o aval se vc está "pronto" ou não.

Anônimo disse...

Olá Gostaria de saber onde posso encontrar reuniões próximas de onde moro...Botafogo, Rio de Janeiro-RJ Tenho 28 anos. Obrigada! Luciene
email: lflorim@hotmail.com

Cesinha Chaves disse...

Olá Luciene, existe um Kaykan, um pequeno centro cultural, na Rua Barão de Lucena 38 onde acontecem regularmente reuniões nos dias de semana.
Apareça por lá por volta das 18:30 e peça mais informações sobre os grupos de estudos.
Se possível me mantenha informado.
Boa sorte!

Anônimo disse...

Muito obrigada. Vou repassar este link para várias pessoas. Um abraço,
Cláudia

diego ds2p disse...

OLA MEU NOME É DIEGO , ANDEI LENDO SOBRE O SEU BLOG QUERO MUITO ME APROFUNDAR SOBRE A PRATICA DO ASSUNTO ! PODE ME AJUDAR COM GRUPOS OU PESSOAS ! ESTOU EM BARRA BONITA SP ( INTERIOR ) CEP 17 340 000 ,

OBRIGADO PELA ATENÇAO

Pollyana disse...

Olá, também moro no Recreio dos Bandeirantes-RJ e gostaria de conhecer um próximo ao meu endereço. Agradeço.

Cesinha Chaves disse...

Oi Pollyana, enviei para o seu email as informações sobre o bloco no Recreio.
Boa sorte!

Simone e a Verdade disse...

Olá Cesinha, é maravilhoso seu site. Por favor, você sabe onde eu posso encontrar um grupo de reunioes de budismo? Moro no Rio, em Cosmos, que fica entre Santa Cruz e Campo Grande,idade 38,Cep: 23.058-590, email marivaniysys@yahoo.com.br . Desde já agradeço.

Cesinha Chaves disse...

Oi Simone! As informações sobre um grupo de reuniões, vc mesmo pode conseguir entrando em contato direto com a BSGI, departamento de organização, pelo (021) 2480-6300 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br.
Caso não consiga, me envie avise que tento localizar um bloco de estudos perto de você.
Grato por tudo e boa sorte!

Cesinha Chaves disse...

Diego, as informações sobre um grupo de reuniões, vc mesmo pode conseguir entrando em contato direto com a BSGI, departamento de organização, pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1800 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br.
Abraço e boa sorte!

ana carol polastro disse...

muito boa noite! tenho acompanhado seu blog, e lido muito a respeito do Budismo, moro em Laguna/SC e acho difícil encontrar um grupo de estudo aqui, poderia me ajudar nessa busca, por favor?
muito obrigada,
Ana Carolina

Cesinha Chaves disse...

Ana Carolina, parabéns pelo seu espírito de busca! As informações sobre os grupos de estudos, vc mesmo pode conseguir entrando em contato direto com a BSGI, departamento de organização, pelo pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1800 ou pelo email informacoes@bsgi.org.br.
Boa sorte!

Cristina Portela disse...

Olá!!!!! Parabéns de novo!!!!
O seu blog é um tesouro valioso, pois nos ensina muito!!!!
Acabo de ler este post e me sinto muito bem instruída, orientada.
Muito obrigada Cesinha!!
Valeu mesmo!!!!

Lili disse...

Quanto tempo tenho que recitar o Daimoko em média?
Tenho recitado a uns três meses mas acho que devo estar fazendo alguma coisa errada pois não vejo mudanças como as que são relatadas por muitas pessoas. Moro na Barra da Tijuca onde tem reunião por aqui?

Cesinha Chaves disse...

Lili, não existe um tempo certo para o Daimoku, não há uma fórmula, isso varia em relação a cada pessoa, e ao tamanho do avanço/adversidade de cada um.

Peço que veja qual é a sua postura ao recitar o Daimoku se é de um "pedinte" ou de um "agente".
Antes e depois de orar, pense no PROBLEMA RESOLVIDO e na hora do Daimoku só pense, fale e escute Daimoku.
Nada de ficar pensando como vai fazer para conseguir o que quer. É Oração e ação.
Mas não adianta orar PEDINDO para algo acontecer, cabe a vc ir fazendo a transformação que quer na sua vida de pouco a pouco, em passos de bebê!
Pedir é colocar a sua sorte em fatores externos seja santos, deus ou amigos invisíveis, sempre que vc faz assim, vc se diminui, pois assume que não é capaz de tocar a coisa sozinha
pois precisa de ajuda.
Não sei como vc começou na prática mas lhe recomendo que leia o "Kit" de introdução ao Budismo de Nitiren Daishonin" que montei aqui no blog.
O link direto é : http://issuu.com/cexa/docs/intropdf
Em relação a blocos na Barra da Tijuca, o meu bloco é justamente na Barra!
Nos reunimos nas 3as feiras, no Alfa Barra.
Me passe seu email que lhe envio o convite oficial para as reuniões juntamente com o endereço.
Abraço e boa sorte em tudo!

Talita L.P. disse...

parabéns pelo blog. Muito bom compartilhar essa filosofia maravilhosa do Budismo Nitiren. Sou fukushi e estou em busca de conseguir um chakubuku em meu esposo. Estou tendo que ter paciência mas estou certa de que conseguirei! No budismo Nitiren não há oração sem reposta!!!!!! Em breve ele será um grande valor para o Kossen Rufo!!!!!!!!!

Carol Pecora disse...

Boa noite
Gostaria de me aprofundar nos ensinamentos, estou ainda engatinhando e meus conhecimentos são ínfimos. Tenho medo de ficar perdida nas reuniões. O q vc me aconselha? Tenho 37 anos e moro próximo ao autódromo de Jacarepaguá

Cesinha Chaves disse...

Olá Carol. As reuniões são para dar base para você poder estudar e aprender sobre o Budismo. Perto do Autodromo tem um bloco no Rio 2, peço que entre em contato com seu email que lhe passo o endereço e dados. As reuniões estão suspensas até o fim da Copa, quando retornamos ao ritmo normal. Aguardo seu contato.

grilo disse...

Boa Noite. Cesinha, me Chamo Jhonny, sou católico, estive estudando o budismo e achei algo muito lindo. Gostaria de participar. Sou de São Paulo Itaim paulista cep: 08190-050.

Cesinha Chaves disse...

Caro Jhonny,
As informações sobre os blocos, você mesmo pode conseguir entrando em contato direto com a BSGI, departamento de organização, pelo 0800 11-61 22, ou em SP (011) 3274-1804 ou pelos email informacoes@bsgi.org.br, antonio.junior@bsgi.org.br ou tiemi.kuroiwa@bsgi.org.br
É só perguntar por um bloco de estudo perto de você.
Por favor, me mantenha informado se conseguiu, OK?

Jacqueline disse...

Prezado Cesinha,
Estou iniciando minha descoberta no budismo de Nitiren através de uma colega de trabalho. Todavia, nesse início, tenho sentido necessidade de fazer o daimoku de olhos fechados, pois não possuo um Gohonzon e olhar para uma parede não deu muito certo, pois consigo me concentrar muito mais no daimoku de olhos fechados. Vejo que você enfatiza muito a questão dos olhos, de olhar o Gohonzon, seria um empecilho muito grande eu fazer de olhos fechados?
Grata

Cesinha Chaves disse...

Oi Jacqueline.
No Gongyo, aquela parte do Sutra do Lótus, que repetimos 3X, Nyo ze so, Nyo ze sho, Nyo ze tai.. são os 10 Fatores da Vida, expostos pelo Buda Shakyamuni como a essência real de todos os fenômenos, revelando como a vida funciona.
Os 3 1ºs fatores são Aparência, Natureza e Entidade.
Aparência é a manifestação da vida externa, suas feições fisionômicas, postura e assim por diante.
A Natureza é o aspecto mental ou espiritual da vida. É o que existe em seu coração, embora invisivel aos olhos. Sua personalidade, temperamento etc..
A Entidade é a sua totalidade física e espiritual que formam a pessoa que vc é.
Logo, ao fechar os olhos no Daimoku, vc "cancela aparência" .
Ninguém é só aparencia ou só natureza, tem de haver consistêcia do inicio ao fim (que é o 10º fator da vida).
Procure imaginar o gohonzon na sua parede e siga o som do Daimoku.
Vou deixar um link para estudo sobre os 10 fatores da vida, um pricípio fascinante do Budismo.
http://www.budanaweb.com/2008/08/os-dez-fatores-da-vida.html
=)

Aldanita R. Betancourt disse...

Ola Dany conhecer o Budismo esta transformando minha vida. Recitar o daimoku com fe muda toda sua historia. Veja um grupo perto de onde mora e se quiser me adicione que com alegria aprenderemos e recitaremos o Nam myoho Renge kyo.....me adicione no whats ap 18622416038..bjs alda betancourt

adilson moreira disse...

Parabéns Dany pela decisão. Olhe, a filosofia transformou e está transformando minha vida. Eu só me tornei um praticante budista pq tive a prova real. E hj eu (um agnóstico) sou muito grato, de coração por ser membro do Budismo de Nichiren Daishonin. Vc sua família e seus amigos estão convidados a participar da reunião aqui na cidade de Praia Grande. É só informar o bairro que vcs estarão em eu verei a comunidade mas próxima. Cesinha vc é convidado a assistir uma reunião aqui com a gente. Um gde abc.
Segue meu e-mail: ams.empreendedorismo@gmail.com